Prefeitura de Rio Branco realiza últimos ajustes para a campanha do Setembro Amarelo

(Foto: Val Fernandes/Assecom)

Todos os meses do ano devem ser voltados para o cuidado à vida, sobretudo em setembro quando a prevenção ao suicídio é abordada com mais ênfase nas mais diversas áreas da sociedade civil.

Por isso, o prefeito Tião Bocalom recebeu na tarde desta segunda-feira (29), o conselheiro Ari Oliveira, do 2º Conselho Tutelar do município para tratar dos últimos ajustes referentes ao lançamento do Setembro Amarelo.

“É um problema sério e é preciso enfrentar de frente” (Foto: Val Fernandes/Assecom)

O prefeito reforçou a importância da adesão da prefeitura a campanha, tendo em vista que o município já notificou aproximadamente 140 tentativas de suicídio entre jovens e adolescentes, até o mês passado.

“É um número muito pesado e nós precisamos fazer alguma coisa. O Conselho Tutelar puxou o projeto e todas as secretarias adotaram. Faremos a conscientização nas escolas, a prefeitura está fazendo o que pode na área de atendimento, porque esse é um problema sério que precisamos enfrentar de frente”, explicou.

O conselheiro Ari Oliveira, falou sobre a relevância da prefeitura de estar empenhada nessa ação tão importante em nível nacional que é a prevenção ao suicídio.

“Hoje identificamos que temos adolescentes e crianças cometendo suicídio ou tentando. Essa campanha vem de encontro para que possamos frear esse movimento e sobretudo ter a prefeitura como parceira desse processo”, concluiu.