Equipe de saúde do Município recebe treinamento teórico e prático em Prova Tuberculínica

A Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), realiza um treinamento teórico e prático em Prova Tuberculínica (exame mais importante para o diagnóstico da infecção latente da tuberculose) com profissionais que atuam em serviços de saúde das Unidades de Referência em Atenção Primária (Uraps). A equipe da coordenadoria de Vigilância em Saúde, por meio da Divisão de Agravos Transmissíveis, ministra as aulas.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a tuberculose é uma das dez maiores causas de morte em todo o mundo, com 10 milhões de novos casos notificados por ano, levando mais de um milhão de pessoas a óbito. A prova tuberculínica desempenha um importante papel no programa de controle da doença, tanto na avaliação do risco da infecção, como também na localização de casos de infecção recente.

O teste pode indicar a necessidade de tratamento preventivo, evitando que o paciente desenvolva a tuberculose. O exame é realizado por meio da aplicação intradérmica de Derivado Proteico Purificado (PPD) no antebraço do paciente. Após 48h a 72h, o profissional faz a medição que, de acordo com a avaliação clínica/epidemiológica, pode indicar a necessidade de tratamento da infecção latente.

“A capacitação, tem por objetivo formar multiplicadores para aplicação e leitura da prova tuberculínica. Por isso estamos capacitando em cada uma das 12 Uraps, dois profissionais que serão responsáveis pela capacitação de outros enfermeiros nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), em sua área de abrangência” explicou Belkis Hernandez, Especialista em Pneumologia Sanitária e multiplicadora da Técnica de PPD no município.

“Temos que incrementar a oferta desta prova próximo à residência das pessoas ou grupos com maior risco de adoecimento por tuberculose”, reforçou Francisco Costa, responsável pela Área Técnica do Programa de Controle da Tuberculose no município.

Os treinamentos são realizados nas Uraps com participação de Luciana Braga, coordenadora da Divisão de Agravos Transmissíveis, e Leandro Siqueira, assessor técnico da Semsa e pesquisador em Saúde Pública da Fiocruz na área de Diagnóstico, Epidemiologia e Controle da Doenças Infecciosas e Parasitárias.

One thought on “Equipe de saúde do Município recebe treinamento teórico e prático em Prova Tuberculínica

Fechado para comentários.