Prefeito de Rio Branco entrega pessoalmente Decreto de Situação de Emergência a Ministro Waldez Góes

Depois de assinar o Decreto de Emergência em Rio Branco, na manhã desta segunda-feira (26), o prefeito da capital Tião Bocalom embarcou no fim da manhã para Brasília para entregar o documento em mãos ao Ministro da Integração Nacional Waldez Góes.

“Prefeito de Rio Branco é recebido pelo Ministro Waldez Góes” (Foto: Assecom)

Na capital federal o prefeito Tião Bocalom foi direto para audiência onde foi recepcionado por toda a bancada acreana entre senadores e deputados federais, além da ministra do Meio Ambiente, Marina Silva e representantes de diversos ministérios.

O prefeito e presidente da Associação dos Municípios do Acre Tião Bocalom disse que além de Rio Branco, outros 16 municípios também enfrentam com o problema das enchentes.

“Nossa vinda aqui, em Brasília, foi pra receber as orientações necessárias e fazer alguns pedidos. Nós precisamos que os recursos eles sejam encaminhados diretamente para os municípios afetados pela cheia e para isso os municípios precisam preparar os seus planos de trabalho”, frisou Bocalom.

Nesta terça-feira (9h), haverá uma videoconferência com o Ministro Waldez Góes e toda a sua equipe, em que todas as cidades afetadas pela alagação devem participar. Na reunião virtual será informado como os municípios devem preencher os planos de trabalho para receber os recursos rapidamente e não haver erros.

“Nossa reunião foi muito produtiva. Nossa bancada foi muito ativa e é respeitada nos ministérios. Estou muito feliz. A Prefeitura de Rio Branco está fazendo a parte dela, ajudando os desabrigados”, concluiu.