Prefeitura de Rio Branco esclarece sobre demora na votação para Conselheiro Tutelar 2023

 

A Prefeitura de Rio Branco esclarece que, em decorrência da grande procura na votação para eleição de Conselheiro Tutelar 2023, que ocorre neste domingo (1º) em todos os estados do país, o tempo de espera pode estar sendo maior.

O motivo dessa demora se justifica pelo planejamento que é feito a partir da última eleição para pensar no quantitativo de urnas. Haja vista que na eleição de 2019 houve 18.000 mil votos, o Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC) disponibilizou para 66 urnas, que foram distribuídas em 14 escolas da capital.

Iana Sarquis, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), disse que desde cedo a movimentação em todas as seções de votação tem sido maior, ela acredita que o número de votos será bem maior em relação a última eleição e explicou outro motivo que está ocasionando essa demora.

“O grande problema é que as pessoas estão procurando os locais de votação sem saber a sua seção. Isso que está atribulando porque elas estão chegando em qualquer escola para votar e não sabem a seção. Por conta disso, o mesário precisa parar o atendimento, prejudicando o fluxo”.