Prefeitura de Rio Branco realiza Fóruns voltados à Segurança Alimentar da capital

Segurança alimentar em discussão durante os fóruns municipais (Foto: Evandro Derze/Assecom)

A Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), realizou na manhã desta sexta-feira (25), o I Fórum Municipal de Alimentação e Nutrição de Rio Branco e o I Fórum do Programa de Educação pelo Trabalho para Saúde (PET-Saúde), no auditório do Palácio do Comércio.

O objetivo do encontro foi falar sobre a segurança alimentar no município, com palestras voltadas para a importância do nutricionista no banco de alimentos municipal, além da importância do Restaurante Popular para a segurança alimentar da população e sobre a alimentação e nutrição voltadas para o Autismo, TDAH e outros.

Maíra Hidalgo: “Avançaremos continuamente para segurança alimentar na capital” (Foto: Evandro Derze/Assecom)

De acordo com a nutricionista Maíra Hidalgo, o encontro visa realizar uma troca de experiências entre profissionais e acadêmicos da saúde, voltadas para o avanço contínuo da segurança alimentar na capital.

“Vamos debater algumas temáticas que não são tão abordadas nas academias e nas unidades de saúde, com temáticas que envolvem a nutrição, desde a nutrição da gestante a do idoso, perfazendo os de tabagismo, obesidade e todas as ações que são trabalhadas dentro da secretaria”, explicou.

Sheila Andrade: “Restaurante Popular é fundamental para levar alimentação de qualidade a quem mais precisa” (Foto: Evandro Derze/Assecom)

A secretária municipal de Saúde, Sheila Andrade, explicou que a participação dos acadêmicos de nutrição da Universidade Federal do Acre (Ufac), por meio do programa PET-Saúde, é de fundamental importância para enriquecer o debate. Assim como dos servidores da Secretaria Municipal de Educação (Seme), que executam o Saúde na Escola e, também, da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH), abordando sobre a nutrição do Restaurante Popular.

“Também estamos trabalhando com o Restaurante Popular, pois é importante levar nutrição e alimentação para quem precisa. Com a criação de mais dois restaurantes, estaremos levando alimentação saudável para mais pessoas”, enfatizou.

O prefeito Tião Bocalom falou sobre a relevância dessa discussão para o município e enfatizou que a prefeitura, por meio da Semsa, seguirá empenhada em continuar avançando na segurança alimentar dos rio-branquenses.

“Vamos fazer uma usina de produção de leite de soja, colocaremos ela para trabalhar e produzir em torno de 2 mil litros todos os dias, para serem fornecidos nos Cras e dentro da Saúde, pois sabemos que o leite de soja é muito nutritivo e importante na alimentação das pessoas”, disse.