Município realizará diversas atividades alusiva ao Agosto Dourado

Mães são orientadas quanto aos cuidados com a gestação (Foto: Wal Fernandes/Assecom)

A campanha Agosto Dourado será realizada durante todo o mês e tem como objetivo intensificar as ações da atenção básica para as mulheres grávidas e para as que já estão amamentando. A unidade de saúde Luiz Gonzaga de Lima, localizada no bairro Altamira, atende moradores de quatro bairros: Eldorado, Chico Mendes, Altamira e Ouricuri. Por aqui, 10 mulheres recebem o acompanhamento pré-natal, às segundas e quintas-feiras.

Luzia: “Realizamos todo planejamento com as grávidas” (Foto: Wal Fernandes/Assecom)

“A mãe vem, a gestante vem, faz todo o acompanhamento, recebe as informações, vê como é que está a situação dos bebês ainda na barriga. Então, são esses os planejamentos que a gente têm com as grávidas”, explicou a coordenadora da unidade, Luzia Mendes.

Nesse período, as mães são orientadas quanto aos cuidados com a gestação, técnicas de estimulação do aleitamento materno, além da conscientização quanto à doação do excedente do leite ao banco de leite da Maternidade Bárbara Heliodora. Nessa segunda-feira, a unidade de saúde recebeu a visita da coordenação do Saúde da Criança, que desenvolve todas as atividades do Agosto Dourado.

Maria: “Orientamos as mulheres de como elas podem ordenhar e armazenar o leite” (Foto: Wal Fernandes/Assecom)

“Nós orientamos todas as mulheres sobre como elas podem ordenhar esse leite, como podem armazenar, que alguém da família leve o bebê na empresa que ela trabalha para que ela possa dar de mamar”, esclarece Maria Tereza, coordenadora do Saúde da Criança da Secretaria Municipal de Saúde.

A campanha Agosto Dourado quer também, este ano, chamar a atenção para a licença-maternidade remunerada e o apoio às mulheres que ainda amamentam no local de trabalho. A coordenadora do Saúde da Criança, Maria Tereza, lembra que “o leite materno contém inúmeros benefícios, tanto para a saúde da mãe quanto para as crianças, e o foco é falar do apoio que deve ser dado às mães e aos pais que trabalham”.

Tarla: “Meu esposo me acompanha nas orientações”  (Foto: Wal Fernandes/Assecom)

A Tarla Silva e Antônio Carlos estão aguardando a chegada do segundo bebê. Ela trabalha e sabe que, quando chegar o período de amamentação, vai precisar do apoio do esposo. Por isso, ele participou das orientações para aprender como cuidar melhor da esposa durante a amamentação.

“Desde a primeira vez ele me acompanha, desde o pré-natal, me ajuda em casa também, na maternidade, ele tá sempre do meu lado comigo”, diz a servidora pública, Carla Silva.

Para o Antônio Carlos, que é barbeiro, esse é um momento importante para todo mundo da família.

“Principalmente para mim e para ela, eu achei interessante. Para trazer, para fazer os exames, ajudar a cuidar e eu vou fazer também a questão do banco de leite. A gente vai lá para doar, a gente teve bastante problema com isso na última vez.”

Outras notícias...