Prefeito de Rio Branco prestigia XIII concurso da redação de educação fiscal

Premiação ocorre nas escolas que fazem parte da rede municipal  (Foto: Val Fernandes/Assecom)

O prefeito de Rio Branco Tião Bocalom, a secretária municipal de Educação, Nabiha Bestene e o secretário de Finanças,Wilson Leite, participaram da solenidade de entrega dos prêmios do décimo terceiro concurso de redação de Educação Fiscal realizada na sede da Amac.

Tião Bocalom: “Precisamos incentivar as crianças ao empreendedorismo” (Foto: Val Fernandes/Assecom)

A premiação ocorre desde 2005 nas escolas que fazem parte da rede municipal aos alunos do quarto ano que elaboram a melhor redação com a temática fiscal. Segundo o prefeito, a redação com esse tema ajuda os alunos a entenderem quais são os direitos e deveres tributários e sociais.

“A educação fiscal já é um início daquele projeto que eu sempre falei, que nós precisamos incentivar as crianças ao empreendedorismo. No momento em que as crianças começarem a entender que elas não podem quebrar,  depredar, riscar carteira, riscar parede, ela está começando a aprender o princípio do empreendedorismo, ou seja, nós temos que gastar bem o nosso dinheiro.”

Nabiha: “Dinâmica ajuda a compreender os investimentos na educação” (Foto: Val Fernandes/Assecom)

A secretária de Educação, Nabiha Bestene, diz que esse tipo de dinâmica ajuda, tanto os alunos quanto toda a comunidade escolar a compreender e valorizar os investimentos na educação.

“Eles tomam consciência que, através dos impostos que os pais pagam, isso é investimento para eles mesmos nas escolas. Eles têm o carinho de conservar esses equipamentos na escola. Em 2021  25 escolas foram contempladas com equipamentos de última geração. A gente fica gratificada porque vem reforçar nosso ensino municipal.”

A solenidade foi marcada por muita emoção durante as falas das professoras Maria Célia e Emília Judite, responsáveis pela execução do projeto desde o início e que hoje se aposentam.

Wilson: “Projeto é uma ponte entre escola, família e gestão municipal” (Foto: Val Fernandes/Assecom)

O secretário de finanças, Wilson Leite, diz que o projeto é uma ponte entre escola, família e a gestão municipal.

“É muito importante que essas informações cheguem às famílias por meio dos filhos, que seja esse elo da educação fiscal com os pais, demonstrando a necessidade de pagamento dos impostos, para que isso retorne em benfeitorias de políticas públicas para a sociedade.”

As escolas premiadas receberam computadores, projetores, televisores, lousas interativas e outros itens de auxílio pedagógico. O prefeito diz ainda que todo o incentivo da gestão à comunidade escolar, ajuda a fortalecer o ensino, valoriza o professor e eleva a educação ao patamar de qualidade.

“Os prêmios que estão aí  são coisa de última geração, que nem escola particular têm. Estamos entregando aqui, demonstrando para a nossa escola municipal, que nós queremos a melhor educação municipal do estado do Acre, senão a melhor do Brasil”, concluiu o prefeito.

Outras notícias...