Prefeitura de Rio Branco sanciona lei que institui o Março Mulher como parte do calendário anual do município

O prefeito de Rio Branco Tião Bocalom sancionou uma lei que institui março como o Mês da Mulher na capital. A ideia do “Março Mulher” é não só homenagear o público feminino como também promover políticas públicas voltadas a esse grupo.

Entre as ações que serão realizadas pelo poder público a partir do ano que vem estão discussões sobre o enfrentamento à violência, o incentivo à participação das mulheres nos espaços de poder, campanhas de saúde, oficinas e cursos para o empoderamento econômico, entre outros.

A gerente do Departamento de Políticas Públicas para as Mulheres, da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH), Cristina Maia, afirma que a criação do Mês da Mulher vai reforçar as ações feitas pela pasta ao longo do ano.

“É com muita alegria que a gente recebe a aprovação da lei. Com ela, teremos a oportunidade de trabalhar ainda mais em prol das mulheres da nossa capital”, afirmou a gestora, que já desenvolve trabalhos de prevenção e combate à violência contra a mulher, ações de promoção de saúde e autoestima feminina, entre outros.

O “Março Mulher” fará parte do calendário anual de eventos do município. A lei 2.424, de 5 de maio de 2022, foi decretada na Câmara dos Vereadores e seu teor foi publicado na edição desta segunda-feira, 9, do Diário Oficial.