Prefeito de Rio Branco recebe homenagem dos conselheiros tutelares de Rio Branco

(Foto: Val Fernandes/Assecom)

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, recebeu na manhã desta quinta-feira (22), a diretoria da Associação de Conselheiros e ex-conselheiros Tutelares do estado do Acre (Ascontac) que juntamente ao Fórum Colegiado Nacional de Conselheiros Tutelares (FCNCT) e o promotor de justiça Francisco Maia, homenagearam o gestor da capital pelo excelente trabalho que vem realizando na área de direitos humanos de crianças e adolescentes.

Segundo a conselheira Luciana D’Ávila, presidente do conselho, a dedicação do prefeito em defesa dos direitos das crianças e adolescentes merece esse reconhecimento.

Prefeito estendeu a homenagem para toda gestão (Foto: Val Fernandes/Assecom)

“Nós viemos em nome do conselho tutelar fazer essa homenagem ao prefeito da capital. Agradecendo por todo o olhar que ele tem dado e toda atenção destinado a essa categoria”

A representante do Fórum Colegiado Nacional de Conselheiros Tutelares, Lucinaira Carvalho, foi mais além.  De acordo com ela o prefeito Tião Bocalom é um dos poucos prefeitos que irá criar, já no próximo ano, o 4º Conselho Tutelar da capital acreana, sem uma ação civil pública, já que o 2º e o 3º Conselhos foram criados por força de lei.

“Uma boa parte dos conselhos tutelares são criados por ações civis públicas e o 4º conselho tutelar é uma decisão do prefeito Tião Bocalom, ser criado no ano 2023 e isso é um avanço muito importante”.

O prefeito estendeu a homenagem para toda gestão que, segundo ele, já realiza esse trabalho há muito tempo. Desde que era prefeito no interior do Acre, trabalhar com a prevenção é sempre o melhor caminho disse o gestor.

“Esse reconhecimento do conselho tutelar, para mim, tem uma valia muito grande, desde que eu fui prefeito em Acrelândia. Toda a dedicação que eu tive lá, o carinho, o respeito, sei da função deles, o quanto que eles são importantes para que possamos fazer a prevenção dentro desta questão das crianças, dos nossos jovens e adolescentes.”