Prefeito de Rio Branco vistoria locais com videomonitoramento na capital acreana

300 câmeras espalhadas em locais estratégicos no centro da cidade e em locais de grande circulação (Foto: Evandro Derze/Assecom)

O prefeito Tião Bocalom, acompanhado do chefe do Gabinete Militar Municipal, coronel Ezequiel Bino, e equipe da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo, Tecnologia e Inovação (SDTI), visitou na manhã desta quinta-feira (15), algumas áreas com sistema de videomonitoramento em Rio Branco.

De acordo com o prefeito é o início da grande modernização da Segurança Pública na capital acreana e que é de responsabilidade de sua gestão, juntamente com o Governo do Estado, cuidar da segurança da população.

“Rio Branco está saindo na frente. Estamos fazendo um investimento de quase R$ 4 milhões de recursos próprios.”

Segundo o cel Ezequiel Bino, neste primeiro momento, serão 300 câmeras espalhadas em locais estratégicos no centro da cidade e em locais de grande circulação, como Horto Florestal, Mercado Velho, Parque da Maternidade, entre outros.

A intenção é estender o monitoramento para toda a cidade. Alguns dos equipamentos instalados fazem captação de placas de veículos e reconhecimento facial.

“Estamos fazendo um grande acréscimo, antes eram sete pontos da Segurança Pública estadual, acrescentamos mais dezoito, para que consigamos ampliar o cerco eletrônico que já existe na cidade. É um marco que até aqui a Prefeitura de Rio Branco não tinha investimento nesse sentido”, explicou cel Ezequiel Bino.

A visita começou pela SDTI, local em que se concentra o armazenamento e gerenciamento dos serviços municipais. Junto a ele está o Núcleo de Operação e Controle (NOC).

O diretor de Tecnologia da SDTI, Manoel de Jesus, explicou que no NOC, se consegue monitorar à distância, sem ter acesso ao dispositivo, se torna um pouco mais seguro e não precisa ter acesso ao ambiente físico.

“Monitoramos toda a rede da prefeitura, postos, unidades escolares, Cras, Creas, prédios administrativo, em média, dá um quantitativo de 350 locais.”

O responsável pela administração do Mercado Velho, Jean Carlos, disse que após a instalação das câmeras, o número de furtos diminuiu.

“Aqui aconteciam vários furtos diariamente. Todos aqui ficaram felizes com a instalação dessas câmeras.”