Prefeitura de Rio Branco atende famílias atingidas pelas chuvas

A atuação da prefeitura recebeu o reconhecimento da população / Foto: Assecom

A Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH), vem acompanhando de perto as famílias atingidas pelas fortes chuvas e ventos do início da semana.

Na Vila Betel II, um córrego paralelo à Rua Mâncio Lima transbordou, causando transtornos e danos materiais à cerca de trinta famílias, que tiveram suas casas invadidas pela água.

Após o volume baixar, a equipe do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Calafate foi acionada pela Defesa Civil e imediatamente iniciou a identificação das famílias, para acompanhar cada situação e ofertar os serviços da Assistência Social. Todos receberam colchões e kit limpeza.

A atuação da prefeitura e de todos os envolvidos recebeu o reconhecimento da população, manifestado pelo presidente do bairro Vila Betel II, Victor Silva, que destacou a parceria entre a gestão municipal e associação de moradores.

Do outro lado da cidade, na região do Quixadá, a forte ventania que precedeu a chuva, destelhou e danificou a estrutura de algumas casas. As quatro famílias que sofreram prejuízos materiais foram beneficiadas com telhas, colchões e cestas básicas.

A senhora Maria Arlete, que ficou com o domicílio totalmente comprometido, agradeceu a ação do poder público no local, através do Cras São Francisco.

“Por enquanto estou morando em uma casa emprestada, sem pagar aluguel, mas vou precisar de muitas coisas para consertar minha casa. Agradeço pela Prefeitura estar aqui presente e disposta a ajudar nossas famílias. Sei que não podem me dar tudo, mas o que fizeram por mim já está ajudando”.

Em outro incidente causado pelos ventos, a senhora Maria Rosário, que moradora do bairro Xavier Maia, teve parte da sua casa destruída após a queda de uma árvore e recebeu telhas para iniciar os reparos.

De acordo com a vice-prefeita e Secretária da SASDH, Marfisa Galvão, a ação imediata das equipes é de fundamental importância nestas situações, pois já inicia o acompanhamento das famílias, prestando assistência material e psicológica, se necessário.

“Precisamos priorizar o atendimento imediato de famílias que são atingidas por eventos da natureza. Nossa equipe da Assistência social tem sido bem presente e ágil nesses momentos difíceis”, garantiu Marfisa.

“A SASDH atua diretamente em políticas de extrema necessidade para superar as vulnerabilidades das famílias e não medimos esforços para conseguir atender as demandas identificadas pelas nossas equipes, além daquelas que nos chegam diariamente”, finalizou a Secretária.

Defesa Civil orienta sobre cuidados durante período chuvoso:

Segundo o Coordenador Municipal da Defesa Civil, Tenente Coronel Cláudio Falcão, estamos na época mais chuvosa do ano, o que deve manter as condições favoráveis a ocorrência de outras chuvas e ventos fortes na capital.

“As altas temperaturas favorecem esses eventos que aconteceram no início da semana e podem até se repetir. Todos devem ter muito cuidado nesse momento, pois a força da natureza pode causar danos, explicou”.

Em casos de ventos fortes, a Defesa civil orienta que a pessoa procure sempre por um local seguro e fechado, evitando ficar perto de árvores, em pontos de ônibus ou em postos de combustíveis. Se tiver árvore no quintal, o morador deve fazer uma avaliação e, se identificar risco, sair da residência e buscar outro abrigo.

Em alagamentos e enxurradas, deve ser evitado o contato com a água, não dirigir em locais alagados, evitar transitar em pontes e ter cuidado com crianças próximas de córregos e igarapés.

Para ocorrências, os atendimentos de emergência podem ser feitos pelo número da Defesa Civil, 193.