Escola Municipal Rural professora Terezinha Miguéis faz agradecimento à Prefeitura de Rio Branco

Instituição conta hoje com 134 alunos (Foto: Evandro Derze/Assecom)

O investimento na educação tem sido uma das prioridades desta gestão. Não somente na zona urbana como também na zona rural.

Uma das escolas com maior quilometragem de ramais a atender é a Escola Municipal Rural professora Terezinha Miguéis, localizada no km 58 da estrada Transacreana. A instituição conta hoje com 134 alunos, entre pré-escolar e quinto ano.

E para agradecer às benfeitorias da prefeitura e a aquisição de transportes escolares para os ramais, diretoria e funcionários realizaram na manhã desta quinta-feira (01), uma reunião com a secretária municipal de Educação, Nabiha Bestene e equipe.

A diretora Lêda Maria Alexandrino trabalha no lugar desde 2010 e agradece o apoio de todos: prefeitura, secretaria, funcionários e comunidade. Principalmente em relação ao transporte fornecido pelo município, que hoje faz total diferença no combate a evasão escolar.

“A escola só tinha um carro, na época era um caminhão que transportava as crianças. Hoje temos um ônibus e duas Marruás. A escola passou por reforma e a nossa clientela aumentou muito com todo esse apoio.”

De acordo com a direção, a escola atende 5 ramais ao longo da estrada Transacreana do km 45 ao 76 que são: ramal beija-flor, liberdade, centrinho, primavera, boa vista e estrada.

A coordenadora pedagógica, Eulemia Freire, explicou que a escola tem crianças que moram em ramal distante até 18km. Segundo ela, as crianças não tem como andar essa distância.

“Teve um momento aqui na escola em que não tínhamos transporte nos ramais, isso foi uma luta. Agora a escola conta com 3 transportes. Isso é uma benção!”

Outro avanço, da escola está relacionado ao Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, que de acordo com a direção tirou 6.5 na última avaliação.

“Quando eu iniciei aqui, o IDEB era 3.4, e aí devagarzinho fomos escalando, com o trabalho de todos e a secretaria ajudando. Só tivemos essa nota boa mediante esse apoio”, afirmou Lêda.

Nabiha: “É gratificante quando a própria escola nos chama para agradecer” (Foto: Evandro Derze/Assecom)

A secretária municipal de Educação, Nabiha Bestene, frisou que é gratificante quando a própria escola chama a gestão da Seme e faz de viva voz, o agradecimento.

“Antigamente aqui era aquele famoso pau de arara. Agora mudamos, colocamos ônibus, as Marruás, carros que são adequados para fazer esse transporte. Pinturas, reformas, ampliações. Nós vamos fazer muito mais ainda.”

“Criança tem direito a ter acesso a escola e permanecer na escola e a prefeitura de Rio Branco está somando a isso com o setor de transporte. O sentimento é de gratidão e as mudanças são todas positivas. Nosso foco é o aluno e o aprendizado”, concluiu Eulemia Freire.