Prefeito Tião Bocalom sanciona lei voltada para promoção da saúde de profissionais do município

Prefeito sancionou a lei e reforçou importância de ações voltadas aos servidores (Foto: Val Fernandes/Assecom)

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, recebeu na tarde desta sexta-feira (25),o vereador Raimundo Castro, propositor da Lei Municipal Nº 2.439, que institui a campanha permanente de promoção à saúde e prevenção das doenças ocupacionais dos profissionais de saúde e educação da rede municipal. Na ocasião, o prefeito Tião Bocalom, sancionou a lei e reforçou a importância dessas ações voltadas aos servidores.

A campanha instituída por lei visa informar e esclarecer os profissionais de saúde e de educação da rede municipal sobre os riscos de manifestações de doenças decorrentes do exercício profissional; orientar a respeito de métodos e práticas preventivas de enfermidades decorrentes desse exercício e encaminhar o servidor acometido por doença ocupacional para o tratamento adequado.

Raimundo: “Farei uma emenda para que esse projeto se estenda a todos os funcionários municipais” (Foto: Val Fernandes/Assecom)

De acordo com o vereador Raimundo Castro, o número de servidores acometidos por doença tem aumentado a cada ano, por isso a necessidade de uma lei que vise a importância da prevenção.

“No primeiro momento, apresentei esse projeto há dois meses especificamente para saúde e educação. Agora, após o prefeito sancionar a lei e juntos discutimos que farei uma emenda na terça-feira na Câmara Municipal de Rio Branco para que esse projeto se estenda a todos os funcionários da rede municipal”, explicou.

Nabiha: “A lei será de grande relevância para os colaboradores” (Foto: Val Fernandes/Assecom)

A secretária municipal de Educação (Seme), Nahiba Bestene, explicou que a lei será de grande relevância para os servidores, mostrando mais uma vez o compromisso da gestão não apenas com à população, mas também com os seus colaboradores.

“Temos muitos casos de pessoas que estão com problemas de saúde e com esse projeto com certeza terá uma equipe que irá tratar dessa questão”, ressaltou.

O secretário municipal da Casa Civil, Valtim José e os assessores especiais Helder Paiva (Articulação) e Jorge Bezerra (Assuntos Jurídicos), também estiveram presentes na assinatura da Lei.