Agentes de Controle de Zoonose participam de curso sobre vigilância e controle da Leptospirose

A Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA), por meio da Diretoria de Vigilância em Saúde, concluiu nesta sexta-feira (18), o curso de Vigilância e Controle da Leptospirose.

O curso foi realizado em parceria com pesquisadores da Universidade Federal do Acre (UFAC) e da Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ), com participação dos Agentes de Controle de Zoonose e Agentes de Combate a Endemias da SEMSA e alunos de Medicina Veterinária da Ufac.

O curso foi realizado em parceria com a Ufac / Foto: Assecom

A leptospirose é uma doença bacteriana causada por bactérias do gênero Leptospira spp. que afeta seres humanos e animais, frequentemente transmitida pelo contato com água infectada pela urina de ratos.

É uma zoonose de grande importância social e econômica, por apresentar elevada incidência em determinadas áreas, alto custo hospitalar e perdas de dias de trabalho, como também por sua letalidade, que pode chegar a 40%, nos casos mais graves, sendo que no período de 2012 a 2022, foram confirmados no município de Rio Branco 2667 casos de Leptospirose.

A agente de Controle de Zoonose, Denise Araújo, agradeceu e comentou sobre a importância do curso para a Vigilância em Zoonose do município. “Estes cursos são fundamentais para nossas atividades de campo, principalmente neste período chuvoso, onde o número de casos aumentam, sendo que esta foi a primeira vez que nossa equipe participou de um curso sobre a vigilância socioambiental desta doença “, comentou Denise.