RBTrans debate com MP e Capedac sobre Serviço de Atendimento aos Usuários Portadores de Deficiências Severas

(Foto: Assecom)

A Prefeitura de Rio Branco, por meio da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (RBTrans), recebeu na última sexta-feira (21), a promotora Vanessa Muniz, do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) e do Centro de Apoio à Pessoa com Deficiência Física do Acre (Capedac), Jamirtes, José Aurismar e Manoel de Jesus, afim de apresentar o termo de referência de contratação dos veículos do Serviço de Atendimento aos Usuários Portadores de Deficiências Severas (SAUD).

Além do superintendente da RBTRANS, Francisco José Benício Dias, estiveram o diretor de transporte, Clendes Vilas Boas, a diretora administrativa e financeira, Ariane Pessoa, a chefe de gabinete Ana Paula Araújo, a corregedora Mariana Correia e o agente de trânsito Jeferson Sanches.

De acordo com José Benício eles trataram da aquisição dos veículos adaptados para prestar assistência no Programa SAUD, que faz um transporte alternativo para o deslocamento de pessoas com uma deficiência mais grave, conforme a legislação determina.

O superintendente ressaltou que a reunião foi proveitosa, pois saíram com prazos estabelecidos pelo Ministério Público, apresentaram um termo de referência para a licitação das vans ou microônibus e foi debatido também o acesso dos cadeirantes nos pontos convencionais de ônibus.

“Tínhamos os ônibus 100% adaptados com as plataformas, porém os locais de embarque e desembarques são o grande problema, muitas vezes a plataforma não encaixa nas paradas de ônibus. Quanto a isso ficamos também de passar uma proposta para a Seinfra para a adequação dos pontos de ônibus”, explicou Benício.