Prefeitura de Rio Branco avança em mais uma etapa do Programa Cidades Empreendedoras

“Precisamos que nossa equipe esteja capacitada e é isso que está sendo feito hoje” (Foto: Val Fernandes/Assecom)

O Programa Cidades Empreendedoras tem como objetivo a transformação local pela implantação de políticas de desenvolvimento em eixos estratégicos. Por isso, a Prefeitura de Rio Branco segue para o segundo módulo do Programa que visa tornar a gestão municipal ainda mais eficiente.

Neiva Tessinari ressaltou que a Seplan já trabalha na adequação da nova Lei de licitações com a capacitação dos servidores (Foto: Val Fernandes/Assecom)

Na manhã desta quinta-feira (22), alguns representantes das secretarias da gestão puderam aproveitar a palestra sobre o Desafio da Nova Lei de Licitações, ministrada pelo especialista em Compras Governamentais, do Sebrae Nacional, Luís Maurício Zanin.

O palestrante reforçou a importância do compras.gov.br que se trata do maior site de compras públicas do Brasil onde a plataforma dispõe de vários recursos que auxiliam os trâmites de compras e licitações do país.

“Para as ferramentas federais associadas ao Compras, inclusive as operacionais, você vai ter acesso ao material e assim conseguir chegar nas ações pelo próprio portal”, explicou Luís.

Miriam Paiva firma a importância do envolvimento de todos (Val Fernandes/Assecom)

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom enfatizou a importância da gestão em estar sempre em capacitação para que o município avance no desenvolvimento.

“Precisamos que nossa equipe esteja capacitada e é isso que está sendo feito hoje com o patrocínio do Sebrae, por meio do professor Luís para orientar a nossa equipe no sentido de melhorar as compras governamentais. As licitações precisam andar e precisamos comprar o melhor produto”, disse o prefeito.

A secretária municipal de Planejamento (Seplan), Neiva Tessinari, explicou que Rio Branco, enquanto capital, já trabalha na adequação da nova Lei de licitações com a capacitação dos servidores para que assim possam atuar de forma mais eficiente.

“Neste módulo nós estamos em Compras Governamentais que envolve a readequação da nova lei de licitações e todos os ajustes necessários para que consigamos avançar com as nossas licitações e contratos com mais eficiência, transparência e, principalmente, readequando à nova lei de diretrizes das compras e licitações”, enfatizou Tessinari.

A gestora do Programa Cidades Empreendedoras, Miriam Paiva, frisou que o mais importante é o envolvimento de todos.

“São várias soluções, vários cursos, têm aplicativos, indicadores e um material muito bom para subsidiar a prefeitura e a sociedade a fazerem essa transformação.”