Prefeitura de Rio Branco e CPRM realizam levantamento das áreas de risco no município

Levantamento é realizado para retificar áreas de risco presentes na capital (Foto: Val Fernandes/Assecom)

O secretário de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (Seinfra), Cid Ferreira, recebeu em seu gabinete, na tarde desta terça-feira (20), o coordenador municipal de Defesa Civil, tenente-coronel Cláudio Falcão, juntamente com o diretor-presidente do Serviço de Água e Esgoto de Rio Branco (Saerb), Enoque Pereira, para tratarem sobre o levantamento que está sendo realizado, por meio da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM), em relação às áreas de risco presentes na capital.

Estamos buscando métodos de prevenção (Foto: Val Fernandes/Assecom)

O tenente-coronel Cláudio Falcão, disse que além da Defesa Civil, a Seinfra e o Saerb também estão participando desse levantamento com o objetivo de buscarem métodos de prevenção.

“Estamos fazendo um trabalho em conjunto junto a CPRM para fazer a retificação das áreas de risco que nós já possuímos em Rio Branco e acrescentar, através da Defesa Civil, mais outras áreas que tem por coincidência ocorrido depois de 2018, que foi o último estudo da CPRM”, disse.

É um trabalho preventivo para identificar áreas mais críticas para deslizamento de terra (Foto: Val Fernandes/Assecom)

 

O pesquisador em Geociências da CRMP de Manaus, Marco Oliveira explicou sobre esse trabalho de parceria com a Defesa Civil do município.

“Visando esse trabalho preventivo de identificar essas áreas mais críticas para deslizamento de terra de modo que a Defesa Civil possa intervir de maneira mais efetiva”, disse.

 

Tudo que foi debatido será levado junto a equipe do Plano Diretor do município (Foto: Val Fernandes/Assecom)

 

 

O secretário Cid Ferreira, enfatizou que a Defesa Civil e a CRPM trazem a mesma preocupação em relação ao isolamento das áreas de risco.

“A reunião foi muito produtiva, com a ajuda dos sistemas e acredito que tudo que foi debatido será levado junto a equipe do Plano Diretor do município para que possamos fazer essas identificações”, explicou.

Queremos saber se tem água no Segundo Distrito de Rio Branco (Foto: Val Fernandes/Assecom)

 

 

O diretor-presidente do Saerb, Enoque Pereira, reforçou a importância desse levantamento tendo em vista que através dele também será possível identificar a existência de aquíferos na região.

“Hoje, já vimos que há uma área nova em que podemos fazer o poço teste para ver se tem água, ampliando assim o nosso leque de oportunidades para sabermos se tem água em Rio Branco na parte do Segundo Distrito”, concluiu.