Prefeitura de Rio Branco pretende firmar termo de cooperação com Prefeitura de Campinas para o tratamento de água e esgoto na capital acreana

O termo de cooperação consiste em diagnósticos e propostas para que a capital acreana avance nesta questão de tratamento de água e esgoto (Foto: Assecom)

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, foi recebido, na manhã desta quinta-feira (15), pelo prefeito de Campinas – SP, Dário Saadi e, entre outros temas importantes para a capital do Acre, trataram sobre a possibilidade de um termo de cooperação para o tratamento de água e esgoto em Rio Branco.

A Sanasa (empresa de economia mista, que tem a Prefeitura de Campinas como principal acionista) enviaria para Rio Branco técnicos para auxiliar em diagnósticos e propostas para que a capital avance nesta questão. A empresa é referência no país em tratamento de água e esgoto.

Tião Bocalom aproveitou o encontro para apresentar ao prefeito de Campinas o Projeto 1.001 Dignidades, que consiste na construção de mil e uma moradias populares para pessoas que moram em áreas de risco, alagadiças ou de esgoto a céu aberto, utilizando resto de madeiras que iriam virar lenha, conseguindo assim, além de levar dignidade para essas pessoas, diminuir a emissão de gás carbônico (CO2).