Prefeitura de Rio Branco traça planos para mecanização da agricultura familiar

Reunião discute o programa de Mecanização para os produtores rurais do município (Foto: Evandro Derze/Assecom)

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, se reuniu, na tarde desta quinta-feira (1), com o secretário municipal de Agropecuária (Seagro), Eracides Caetano e a  secretária municipal de Planejamento (Seplan) e de Desenvolvimento Econômico, Turismo, Tecnologia e Inovação (SDTI), Neiva Tessinari, para tratar sobre o programa de Mecanização para os produtores rurais do município.

“Queremos que os nossos produtores possam ganhar dinheiro e nossa população comer um produto de qualidade” (Foto: Evandro Derze/Assecom)

De acordo com o prefeito, se tudo der certo, irão iniciar ainda este ano dois hectares para cada produtor, para que possam plantar, e que, segundo ele, são mais ou menos 700 produtores que estão cadastrados na secretaria, para iniciar o processo.

“Queremos substituir o produto “importado” para o emprego “fique aqui” e também o dinheiro e a riqueza. Queremos que os nossos produtores possam ganhar dinheiro e nossa população comer um produto mais sadio e feito por nós rio-branquenses”.

“Vamos plantar como manda a técnica para produzir” (Foto: Evandro Derze/Assecom)

Eracides Caetano afirmou que já começaram um trabalho no ano passado e que não conseguiram fazer correção de solo e nem adubo, pois o prazo foi muito curto e não tinham recursos no momento.

“Graças a Deus já compramos o calcário e o adubo e vamos fazer a correção do solo. Vamos plantar como manda a técnica para produzir”.

Na reunião foram discutidas, também, possibilidades de parceria com a FAO (Organização para a Alimentação e a Agricultura). A organização lidera esforços para a erradicação da fome e combate à pobreza. De acordo com o prefeito, um convite será feito para que o presidente da FAO visite o município, para conhecer o programa de mecanização local.

“Iremos fazer uma boa parceria, pensando inclusive na comercialização desse produto no futuro”, concluiu o prefeito.