Prefeitura encerra campanha Agosto Lilás enfatizando a importância e a conscientização da denúncia

Foto: Evandro Derze/Assecom

A prefeitura de Rio Branco, realizou na manhã desta quarta-feira (31), o encerramento da campanha do Agosto Lilás, alusiva ao combate à violência contra a mulher, por meio da secretaria municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH), na secretaria municipal de Cuidados com a Cidade (SMCCI).

O prefeito Tião Bocalom esteve presente e enfatizou a importância do respeito, cuidado, zelo e amor às mulheres.

“Infelizmente o nosso Acre é campeão em feminicídio e em agressão à mulher. Quero pedir a você que se acha machão, não faça mais isso porque machão é o que abraça, beija, mas não o que agride. Peço que todos entendam que essa campanha que iniciou no mês de agosto se estenderá pelo ano inteiro, não apenas neste mês. A mulher é uma flor que precisa ser cuidada e regada, pois é ela quem nos dá a vida”, explicou o prefeito.

Para Rila Freze, diretora de Direitos Humanos da SASDH, o resultado da ação foi bastante positivo, onde a campanha conseguiu alcançar em média sete mil acreanos por dia, com panfletagem, cursos e debates sobre o assunto.

“Foi um resultado bem positivo tendo em vista que alcançamos todas as regionais de nosso município, por meio dos CRAs e Unidades de Saúde. É um trabalho realizado por toda a equipe da Prefeitura de Rio Branco”, disse.

“A gente se sente privilegiado da campanha encerrar na nossa secretaria. Sabemos da importância da divulgação do combate à violência contra a mulher. E reforço que a mulher tem que ser respeitada, amada e cuidada”, esclareceu o secretário, Joabe Lira.

Dona Francisca Frota, disse já ter sofrido violência doméstica. Ela contou que reuniu forças que nem ela mesmo sabia que tinha, para fazer a denúncia e dar um basta na violência diária que sofria na frente dos filhos.

“Tem muitas mulheres que apanham do marido e ficam caladas, isso não pode, tem que denunciar. Uma vez aconteceu isso comigo também e eu denunciei e graças a Deus, hoje estou liberta. A campanha é muito boa que ela continue”, disse.