Prefeitura de Rio Branco faz balanço positivo do I Fórum Municipal de Planejamento

Valdenir Júnior: “A gente conseguiu, em apenas três dias de evento, entregar pelo menos cinco produtos muito importantes para o avanço do município” (Foto: Evandro Derze/Assecom)

A Prefeitura de Rio Branco, por meio da secretaria municipal de Planejamento (Seplan), realizou durante três dias o I Fórum Municipal de Planejamento. O objetivo do evento foi articular propostas que visem avançar a economia de Rio Branco. Durante o encontro foram lançados importantes produtos para o município, sendo eles a primeira Consulta Pública da Lei Orçamentária Anual, a Consulta Pública do Plano de Mitigação e Adaptação às Mudanças Climáticas, bem como o Plano Municipal de Desenvolvimento Econômico Local e a formalização da Comissão dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Valdenir Júnior, secretário da Seplan em exercício, expressou satisfação com os resultados obtidos no Fórum.

“A gente conseguiu, em apenas três dias de evento, entregar pelo menos cinco produtos muito importantes para o avanço do município. Então, foi um trabalho muito importante, que dará longos frutos no decorrer dos anos”, disse.

Além disso, o secretário em exercício reforçou que a prefeitura segue compromissada com a Agenda 2030, que oferece objetivos de desenvolvimento sustentável, que estão atrelados ao plano de mitigação e adaptação às mudanças climáticas.

O técnico em agropecuária José Maia, esteve no evento representando a secretaria municipal de Agropecuária (Seagro). Ele falou sobre a importância desse debate.

“É de extrema importância a participação da Seagro nesse evento, porque está falando de temas relevantes ao meio ambiente e nós tratamos diretamente com o produtor rural nessa questão de produção. Estamos ligados para preservar e melhorar a qualidade de vida dos produtores”, enfatizou.

Ivan Ferreira, diretor de Planejamento Social e Operacional da secretaria municipal de Agropecuária, também elogiou muito o evento.

“É de fundamental importância para os avanços de Rio Branco, sobretudo a economia, pois sabemos que a capital é uma cidade em que estamos trabalhando o desenvolvimento e inovação”, esclareceu.

O consultor do Sebrae, Gilberto Socoloski, explicou que com os debates realizados no fórum, foi possível constatar que apenas uma sociedade organizada consegue realmente trazer mudança no desenvolvimento de um município.

“Nós tivemos uma oficina bastante forte, com representantes da sociedade organizada, no sentido de gerar uma metodologia que possibilite a todos esses atores olhar de uma maneira diferente para a realidade do município e propor ações que venham ajudar no desenvolvimento econômico”, ressaltou.