Prefeito de Rio Branco visita Unidade que trata os resíduos para construção civil em Uberlândia

Tião Bocalom: “No Acre há um sério problema que é comprar brita de Rondônia” (Foto: Assecom)

Ainda em visita na cidade de Uberlândia – MG, a comitiva de prefeitos do Acre composta por Olavo Francelino de Rezende (Acrelândia), Jerry Correia (Assis Brasil), João Edvaldo Teles de Lima (Bujari), Camilo da Silva (Plácido de Castro) e Rosana Gomes (Senador Guiomard), liderada pelo prefeito de Rio Branco e presidente da Amac, Tião Bocalom esteve visitando a Unidade que trata o Resíduo de Construção Civil. O prefeito Tião Bocalom frisou que no Acre há um sério problema que é comprar brita de Rondônia.

“Fica muito caro. Em Rio Branco já era para ter uma unidade igual, pois foi montada uma usina há muito tempo, porém nunca funcionou” afirmou o prefeito.

O chefe da Unidade Carlos Moreira ressaltou que o material é importante, pois é muito rico, principalmente como base de estradas, ramais, além de ser um material puro eficiente e substitui muito bem a pedra.

“Aqui todo material britado é devolvido para o município, o contrato é justamente pensando nisso. O município é que faz o beneficiamento desse material”

O prefeito de Acrelândia Olavo Francelino acredita que tudo isso daria certo no Acre.

“Nós hoje vemos tantos entulhos de materiais de construção mal aproveitados e um equipamento desses com certeza resolveria o problema de muitos municípios do estado” concluiu.