Sucessivas quedas de energia elétrica prejudicam funcionamento das bombas de captação do SAERB

(Foto: Val Fernandes/Assecom)

Sucessivas quedas de energia elétrica prejudicam funcionamento das bombas de captação do SAERB e a Prefeitura de Rio Branco, por meio do Serviço de Água e Esgoto de Rio Branco, vem enfrentando problemas para abastecer as regionais da capital com água tratada.

O motivo, segundo o diretor presidente Enoque Pereira, são as constantes quedas de energia elétrica dos últimos dias.

“Com essa queda nossos motores pararam de rotacionar, quando voltou, nesse último mês, as duas últimas vezes danificou a bomba. Então ela não puxou mais água. Aconteceu o mesmo problema na ETA 1″, explicou.

Segundo Pereira, o abastecimento deve normalizar em toda a cidade dentro de 3 dias. Esta semana o SAERB deve se reunir com a Energisa para tentar solucionar o problema, pois ele afirma que as responsabilidades devem ser divididas.

“Estaremos nos reunindo com a Energisa para acharmos uma solução para evitar transtornos maiores. Se não tivesse tido essas quedas não tinha diminuído a vazão que teve nesses últimos 5 dias. A gente sabe que quaisquer 100 litros de água por segundo querendo ou não afeta a cidade todinha”, informou.

O diretor afirma ter conhecimento das reclamações da população em relação ao abastecimento de água. Em certas regionais são necessárias de 5 a 10 horas de abastecimento ininterrupto para que a água chegue em todas as casas, mas com a redução da capacidade das bombas chega a ser impossível abastecer com a quantidade suficiente para uma regional inteira.

“Como diminuiu o tratamento de água a gente não tem como botar 6 horas. Só 4 horas não vai chegar em certos pontos. A gente só reforça de novo o cuidado com a água. Tem muito desperdício”, concluiu.