Prefeitura de Rio Branco conscientiza alunos de escola de Ensino Médio sobre o Combate ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes

Rila Freze: “o Disque 100 é uma das diversas formas de salvar vidas” (Foto: Assecom)

A Prefeitura Municipal de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH), realizou palestras de conscientização em Combate ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes na Escola Raimunda Pará, na Cidade do Povo.

Crianças e adolescentes constituem o público vulnerável que mais sofre com as violações de direitos. Conforme balanço da Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, entre as denúncias de violação de direitos contra esse público, 20% dos casos são ligados à violência sexual.

Como forma de promover o enfrentamento e conscientização, a Prefeitura Municipal de Rio Branco, no mês de maio intensificou as ações com o propósito de conscientização e como tirar da invisibilidade o tema.

As Palestras fazem parte das atividades do Maio Laranja – Campanha Nacional de Combate ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes, realizada pela equipe de Direitos Humanos da SASDH.

São ações orientadas pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

O Palestrante Jota Conceição, Consultor em Direitos Humanos, dialogou com os adolescentes, explicando os diferentes tipos de abuso sexual, falou de como denunciar, explicando a importância da denúncia como também explicou aos jovens presentes que todos os direitos vêm atrelados a um dever.

“O grande Princípio norteador é o olhar vigilante e cuidadoso da família. A Rede de Proteção, tem atendido e recebido, quase que diariamente notificações de crianças abusadas. É preocupante. Precisamos intensificar a campanha de conscientização para que as pessoas saibam como proceder, serem orientadas, onde realizar a denúncia e o Disque 100, é uma das diversas formas de salvar vidas”, frisou a diretora de Direitos Humanos da SASDH.