Prefeito de Rio Branco visita o MPE e falam sobre projeto que visa transformar espaços públicos vazios em hortas comunitárias

Tião Bocalom: ” A partir do momento que o MP se envolve para ajudar, selecionar e gerir, não tenho dúvidas de que teremos muito mais êxito (Foto: Felipe Freire/Assecom)

Na tarde desta quarta-feira, 11, o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom fez uma visita de cortesia ao Ministério Público do Estado.

“Foi uma visita de cortesia, primeira oportunidade que eu tive de manter um contato pessoal com o prefeito e a sua equipe. É muito importante estabelecer esse diálogo institucional. Nós tratamos de diversos assuntos que são do interesse do Ministério Público e da Prefeitura”, afirmou o Procurador Geral do MPE, Danilo Lovisaro.

Dentro do diálogo institucional um projeto foi apresentado pelo promotor titular da Promotoria Especializada em Urbanismo do MPE, que visa ocupar os espaços públicos ociosos com hortas comunitárias.

De acordo com Tião Bocalom, existem mais de 20 mil lotes abandonados na cidade e devem passar por esse procedimento: “A proposta é da gente preparar hortas comunitárias, mas aí já como uma iniciativa do Ministério Público em parceria com a Prefeitura, o que eu acho muito legal. A partir do momento que o MP se envolve também com a responsabilidade de ajudar, selecionar e gerir, eu não tenho dúvida nenhuma que teremos muito mais êxito”, enfatizou o prefeito.

O idealizador do projeto, o promotor Alekine Lopes, explica como surgiu a iniciativa: “Tínhamos a necessidade de aproveitar melhor as áreas vazias dentro da cidade. Chegavam na promotoria muitas demandas de pessoas pedindo solução para terrenos baldios e a forma que eu vi em outros lugares, era trabalhar os espaços vazios com plantio de hortas ou de qualquer outra coisa que possa ter utilidade para a comunidade”, explicou o promotor.

Participaram da reunião, os procuradores do Município Joseney Cordeiro e James Antunes, o chefe da Casa Civil Valtim José, o Assessor Especial para Assuntos Jurídicos Jorge Bezerra, a diretoria de planejamento do MPE entre outras autoridades.