Acordo de cooperação entre prefeitura e Incra garante mais incentivo ao homem do campo

Moisés: “O programa visa dar suporte à iniciação produtiva e à segurança alimentar das famílias” (Foto: Felipe Freire/Assecom)

Cerca de 150 famílias de projetos de assentamentos de Rio Branco terão direito a uma linha de crédito de R$ 5 mil para estimular a produção rural. A ação é fruto de um acordo de cooperação técnica entre a prefeitura e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

Neste sábado, 7, o prefeito Tião Bocalom, o secretário municipal de Agropecuária, Eracides Caetano e o representante do Incra, Moises Medeiros, se reuniram na Central de Abastecimento de Rio Branco, a Ceasa, para apresentar aos agricultores o programa Crédito Instalação.

Dos R$ 5 mil a serem repassados pela Caixa Econômica aos produtores interessados, apenas R$ 1 mil, acrescidos de taxas de juros baixas, devem ser quitados junto ao banco. Ou seja, o Governo Federal subsidiará 80% do valor do empréstimo.

“O programa visa dar suporte à iniciação produtiva e à segurança alimentar das famílias. Através do acordo de cooperação, a prefeitura disponibiliza a equipe para elaborar os projetos produtivos e o Incra entra com os recursos”, explicou Medeiros, do Incra.

O prefeito Bocalom afirmou que a participação da prefeitura no programa representa o projeto Produzir para Empregar sendo colocado em prática. “É aquilo que a gente sonhou a vida inteira. Nós queremos comer já no ano que vem um pouquinho de arroz, feijão e milho do Acre, beneficiados aqui, dentro da agricultura familiar, que é o grande projeto que nós temos”.

O prefeito aproveitou a oportunidade para anunciar a compra de quase 90 máquinas para melhorar os ramais e as ruas da cidade, além do conserto de 20 tratores quebrados.

O secretário Eracides afirma que com mais dinheiro em conta, os agricultores produzem mais e melhor. “O produtor tem que ter esses custeios, ele têm que financiar a própria produção e ter decisão do que ele vai fazer. É esse o primeiro passo que está acontecendo aqui em Rio Branco”.

Hélida Hilário Guimarães, presidente da cooperativa Amigo Solidário, do Assentamento Hélio Pimenta, comemorou o crédito. “Chegou em uma boa hora para dar uma alavancada na nossa produção. Eu já sei o que vou fazer na minha colônia: um galinheiro para aumentar minha criação de galinhas”.

O senador Sérgio Petecão participou da agenda e agradeceu o prefeito Bocalom pelo acordo de cooperação. “Você vê no semblante das pessoas a felicidade. Toda a ajuda que vier, principalmente para o pequeno produtor, com certeza será bem-vinda. Eu ando na zona rural e sei da importância desse crédito”.

Outras autoridades também participaram do encontro, entre eles os secretários da Casa Civil, Valtim José, e o de Cuidados com a Cidade, Joabe Lira, além do assessor de Articulação Institucional Helder Paiva, e os vereadores Raimundo Castro, Francisco Piaba, Samir Bestene e Lene Petecão.