Comitiva de Ariquemes visita a Granja Bela Flor em Epitaciolândia

Criação de suínos da granja Bela Flor agrada comitiva de Ariquemes que veio conhecer de perto a produção (Foto: Evandro Derze/Assecom)

Um dos lemas da gestão do prefeito Tião Bocalom é “Produzir para Empregar”. Na última semana do mês de abril uma comitiva oficial de Ariquemes, interior de Rondônia, esteve em Rio Branco para conhecer de perto as boas práticas de produção da região. Na última sexta-feira, 29 de abril, a equipe foi até a Granja Bela Flor, que fica à margem da BR-117, 7 km antes da cidade de Epitaciolândia, que, além da produção suína, também produz adubo e energia para abastecer a granja e a fazenda.

O grupo é formado por dois secretários municipais, três vereadores e um servidor público. Os rondonienses conheceram a criação de porcos da granja e as pocilgas, onde os animais ficam guardados para a engorda.

Também observaram como é feito o trabalho de produção de gás e energia, que conta com uma moderna instalação que são recolhidos os resíduos e separados, líquidos e sólidos.

O vereador Loro Matias disse que gostou da experiência e quem sabe um dia possam implantar em Ariquemes. “Hoje a tecnologia está aí para ajudar e a gente tem mais é que olhar e copiar, ninguém é bom sozinho, precisamos muito desses exemplos para levar para Ariquemes”, enfatizou.

O vereador acrescentou ainda que é uma forma de investir no setor produtivo e no meio ambiente.
“Nós temos uma parceria que está sendo firmada com o IFRO (Instituto Federal de Rondônia) onde vamos tentar desenvolver uma granja para oferecermos pequenas matrizes para os pequenos agricultores e nada melhor do que vir em uma das melhores granjas da região norte”, ressaltou o vereador.

O empresário e proprietário da granja, Fernando Lage, ressalta que é importante receber a comitiva para que conheçam a tecnologia usada no local. Disse ainda que Rondônia e Acre precisam caminhar juntos.
“Somos uma região, um complementa o outro, aqui consumimos energia que é produzida em Rondônia e Rondônia funciona bastante com mão de obra formada no Acre, pois não absorve tudo o que ele forma aqui. Precisamos estar bem alinhados com essas questões e trocar informações, isso é muito importante”, afirmou o empresário.

O secretário de meio ambiente de Ariquemes, Vilmar Ferreira, revela que viu um trabalho bonito, bem organizado e que com certeza traz resultados positivos, e que a granja de criação de porcos é totalmente socializável com a parte ambiental, e que isso é um primor, o conforto ambiental para os animais.
“Lá dentro das baias tem conforto ambiental com música ambiente, clássica, ventilação reforçada, pra que isso possa trazer aos animais conforto e que venha de encontro aquilo que é pregado pelas comissões de defesa dos animais e é justo”, explicou o secretário.

O secretário de agricultura, indústria e comércio de Ariquemes Antônio Marcos, afirma que valeu muito a experiência de ver o trabalho e funcionamento, que é uma cadeia completa a produção do confinamento suíno e de aproveitar todas as fases e etapas. “Aqui a perca é zero, todo o produto e subproduto suíno são aproveitados, inclusive as fezes aqui nessa fazenda . Estamos aqui para levar e implantar essa ideia em Ariquemes, para todos os que tem a produção de suíno para que esse produtor venha a ter mais lucratividade e rendimento e vai estar abatendo seu gasto todos os meses”, disse o secretário.

Para o presidente da Câmara de Vereadores de Ariquemes, Renato Padeiro, é muito importante investir em sustentabilidade e que nada se perde na natureza. “Temos que aproveitar tudo aquilo que nos proporciona. Isso gera benefícios para nossos agricultores da cidade de Ariquemes”, concluiu Renato Padeiro.