Prefeito de Rio Branco pretende doar lixo eletrônico para startup de robótica

Prefeito Bocalom: “A prefeitura está pronta para entrar nesse projeto, criar uma ação piloto em parceria com essa startup” (Foto: Felipe Freire/Assecom)

O prefeito de Rio Branco Tião Bocalom se reuniu na tarde de terça-feira, 3, com o professor de empreendedorismo Anderson Santos, idealizador de uma startup de robótica que utiliza lixo eletrônico como matéria-prima.

O objetivo da visita foi buscar apoio do poder público para fortalecer o projeto de reciclagem de peças. O prefeito garantiu que vai elaborar um termo de cooperação para destinar parte do lixo eletrônico da prefeitura para a iniciativa.

Na ocasião, o prefeito foi apresentado a miniaturas construídas com materiais descartados, como uma escavadeira movida a água e seringas, um elevador, um avião, uma isca para mosquitos, entre outros.

A ideia do professor é incentivar as escolas a adotarem a robótica como aprendizado complementar, estimulando o raciocínio lógico, a coordenação motora e a criatividade. “Nós viemos trazer ao prefeito uma novidade para a cidade de Rio Branco, que é a primeira startup que tem uma causa voltada para o lixo eletrônico na Amazônia”, afirmou.

Os objetos chamaram a atenção do prefeito, que afirmou que gostava, na infância, de criar objetos com materiais elétricos. Ele quer escolher uma escola municipal para sediar um projeto piloto em parceria com o professor Anderson.

“A prefeitura está pronta para entrar nesse projeto, criar uma ação piloto em parceria com essa startup. Isso é ótimo para desenvolver a criatividade das nossas crianças e ver quem se destaca mais. Quem sabe daqui a gente pode ter no futuro uma criança que se destaque a nível de Brasil. Nós temos que sonhar”.

A reunião foi acompanhada pela secretária municipal de Planejamento, Neiva Tessinari, e pelo diretor de Tecnologia da prefeitura, Mak Moreira.

One thought on “Prefeito de Rio Branco pretende doar lixo eletrônico para startup de robótica

Fechado para comentários.