Saúde mental é tema de conferência promovida pela prefeitura de Rio Branco

Prefeitura de Rio Branco discute A Política de Saúde Mental como Direito (Foto: Felipe Freire/Assecom)

A Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), deu início, na noite desta quinta-feira (28), à 3ª Conferência Municipal de Saúde Mental do Acre. Com o tema “A Política de Saúde Mental como Direito: pela Defesa do Cuidado em Liberdade, Rumo a Avanços e Garantia dos Serviços da Atenção Psicossocial do SUS”, o evento aconteceu no auditório da Uninorte, no Bloco E.

O encontro tem como objetivo a proposição de diretrizes para as políticas públicas de saúde mental da capital acreana para os próximos anos. As propostas serão debatidas e aprovadas pelos conferencistas ao longo dos dois dias de programação.

Participaram da conferência profissionais de saúde mental, estudantes de Psicologia, conselheiros de saúde, representantes do Judiciário, usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), entre outros.

A secretária Municipal de Saúde Sheila Andrade recepcionou os participantes e comentou a importância do evento. “Isso é algo grandioso para nós, do poder público, porque, juntos, vamos discutir melhorias, articulações, financiamento e gestão da saúde mental para levar mais dignidade aos rio-branquenses em relação aos transtornos mentais”.

O titular da Promotoria Especializada de Defesa da Saúde do Ministério Público do Acre (MPAC), Gláucio Ney Shiroma Oshiro, abriu a programação com uma palestra sobre o cuidado em liberdade. Ele defendeu a ideia de que pacientes mentais podem ser tratados fora de muros e grades, como os manicômios. “É essa a projeção que a Conferência Municipal e depois a Estadual e Nacional tendem a defender”.

A programação continua, nesta sexta, 29, com outras duas palestras, ministradas pelos psicólogos Vania Damasceno Costa e Jonsos Nunes Júnior, além de quatro grupos de trabalho de onde sairão as diretrizes sobre políticas públicas municipais de saúde mental para a capital.

Ao final da conferência, a partir das 16h30, acontece a plenária final, com a eleição dos delegados que irão representar Rio Branco nas conferências estadual e nacional.