Prefeito Tião Bocalom prestigia pré-estreia de documentário sobre a vida do sambista acreano Da Costa

Prefeito fez questão de ver o documentário (Foto: Felipe Freire/Assecom)

O prefeito Tião Bocalom prestigiou, no começo da noite deste domingo, 24, na cinemateca da Biblioteca Pública do Acre, a pré-estreia do documentário sobre a vida e obra do sambista acreano Da Costa. O artista foi o primeiro compositor acreano a gravar um disco com composições próprias. Da Costa nasceu em setembro de 1930 e faleceu em agosto de 2005, aos 74 anos de idade.

O prefeito comentou sobre a bela obra, produzida pelo jornalista Kennedy Santos.

“O Da Costa representou muito bem aos acreanos, fazendo seus sambas, que acabei de ver aqui no filme. O documentário, produzido pelo querido amigo Kennedy, é um espetáculo, porque traz a nossa história, mostra a nossa história”.

Da Costa Júnior, filho do sambista estava emocionado com a pré-estreia do documentário sobre a vida de seu pai. “É um prazer muito grande, uma satisfação, por perceber uma comunidade que ainda tem um legado que valoriza o artista acreano”, afirmou.

O diretor do curta metragem, Kennedy Santos, estava orgulhoso e satisfeito com a possibilidade de poder produzir o documentário sobre a vida de Da Costa.

“Eu estou muito feliz, muito orgulhoso, porque tive a oportunidade, por intermédio da Lei Aldir Blanc, de fazer justiça, porque eu pensava que iria morre e não conseguiria mostrar para as pessoas esse material tão importante e exclusivo, sobre esse artista incrível, o Da Costa”.