Prefeitura oferta minicurso de maquiagem para comunidade e movimento junino da capital

Técnicas de auto maquiagem e penteados foram ofertados aos participantes do minicurso (Foto: Assecom)

Na última semana o Centro Cultural Lydia Hammes, realizou o encerramento do minicurso Make Mundo Junino. Oriundo de projeto aprovado e financiado pela Prefeitura de Rio Branco, por meio do Fundo Municipal de Cultura Garibaldi Brasil, o minicurso teve duração de quatro dias e disponibilizou 25 vagas distribuídas entre comunidade e movimento junino.

Com intuito principal de capacitar os brincantes das quadrilhas juninas da capital para o domínio das técnicas de maquiagem, de preparação de penteados, além de possibilitar geração de renda com trabalhos de maquiagem, o mini curso foi idealizado por Andréia Vieira, que conta como surgiu a ideia do projeto.

“Surgiu por uma dificuldade minha, enquanto brincante, de não ter o domínio da maquiagem. Achei interessante que nas quadrilhas em outros estados existe um mutirão onde cada pessoa faz sua maquiagem e penteado. Percebi que se mais pessoas tiverem o domínio desses processos ficaria mais fácil e diminuiria o trabalho”, aponta a proponente.

Nete França, integrante da junina Sassaricando na Roça, comenta sobre a importância do minicurso. “Sabemos que a maquiagem está longe de ser só estética, para muitas mulheres é um momento íntimo com ela mesma. Penso que se eu aprendo, minha junina também aprende. É essa uma das importâncias do curso, possibilitar o aprendizado e compartilhar com as demais pessoas”, destaca Nete.

Raiane Souza, que também participou do minicurso, conta como pretende utilizar o aprendizado adquirido. “Gostaria de dizer que estou amando o projeto e destacar que sua importância para mim é extrema, já que me contemplo inteiramente com sua proposta e objetivo. Cada ensinamento passado eu quero usar para aprimorar minhas habilidades e assimilar novos conceitos e técnicas. Quero ainda poder usar todo o aprendizado para agregar dentro do meu grupo junino, disseminando todo o conhecimento adquirido no projeto”, afirma a aluna.