Apresentando a verdade – Prefeitura apresenta verdadeiros números e motivo da compra de mosquiteiros

Apresentando a verdade – Prefeitura apresenta verdadeiros números e motivo da compra de mosquiteiros

Com objetivo de trazer a luz da verdade dos fatos, em desacordo o que apregoam alguns seguimentos da imprensa (fake news), propagados ainda em mídias sociais, referente a compra e aquisição de mosquiteiros impregnados, a Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA), vem a público, esclarecer os objetivos, quantitativos dos itens e quais público alvo, serão destinados os acessórios.

Primeiro – O Termo de Referência; a aquisição dos mosquiteiros impregnados ou incorporados com inseticida, tipo piretróide em rede de poliéster ou polietileno para cama, serão distribuídos para os usuários da Atenção Básica de Saúde Municipal da capital acreana, visando a prevenção de doenças provocadas pelo mosquito do gênero Anapheles aqualis e Aedes aegypti, vetores potenciais da Dengue, Febre Amarela, Zica, Chikungunha e dos mosquitos vetores dos agentes etiológicos causadores da Malária (Anopheles) e Leishmaniose Mosquito Palha – (Phlebotominae).

Vale aqui ressaltar, que a Secretaria Municipal de Saúde da capital acreana, não se obriga a adquirir todos os objetos e todos os quantitativos estimados, mas apenas os que se mostrarem necessários aos serviços públicos durante o período de vigência da Ata de Registro de Preços e de eventual contrato.

Segundo – Da Modalidade Licitação;
– O certame foi realizado através de Pregão Eletrônico por meio de Registro de Preço, aberto a todas as empresas do Brasil.
– A execução foi realizada pelo menor preço unitário do item.

Terceiro – Das Justificativas;
– A população rural e ribeirinha de Rio Branco representa em torno de 10,2% da população do município, residentes em localidades que apresentam grandes dificuldades de acesso aos serviços de saúde em virtude das barreiras sociais e geográficas. A SEMSA visa a prevenção, promoção e a redução de doenças e agravos, contribuindo desta forma, para o bem-estar e a melhoria na qualidade de vida dos usuários ribeirinhos e população rural do Sistema Único de Saúde (SUS). Desde sua implantação realizou milhares de atendimentos sempre buscando dentro das possibilidades ter uma visão holística de cada cliente que procure pelo serviço e que seja oferecido de maneira integral.

Em média, são atendidas anualmente por esta divisão, 175 comunidades, abrangendo em torno de 18 mil famílias. Em muitas dessas comunidades há predominância dos mosquitos vetores dos agentes etiológicos causadores da malária – Anopheles (Anopheles sp.) e leishmaniose – mosquito palha (Phlebotominae sp.). As comunidades mais afetadas pela leishmaniose são as áreas em torno dos Igarapés Espalha (Centro de Florestania, Reserva Chico Mendes, Seringal São Francisco do Espalha) e Vai-se-Vê (Buriti, Assembleia de Deus, Reserva Cumarú, Seringal São Bernardo e União) e Riozinho do Rola (Seringal Macapá), Colocação Macaúba, Cachoeira, Projeto Oriente e Fazenda Passagem). As comunidades mais atingidas pela malária são Barro Alto e Cajazeira.

Os mosquiteiros Impregnados demostraram que o uso em condições de campo são eficientes para o controle dos vetores, reduzindo em mais de 80% dos casos nas comunidades estudadas.
Estudos comprovam ainda que, a implantação dos MILDS (MOSQUITEIROS INSETICIDAS DE LONGA DURAÇÃO), nas localidades de transmissão, tornou-se uma ferramenta importante no controle de vetores, pois une o objetivo de redução da sua transmissão com a otimização do uso dos recursos humanos e financeiros.

Descrição do objeto e Quantitativo;
– Rede Mosquiteiro, 10 mil unidades e Cama, 30 mil unidades e não mais de 300 mil unidades, como mencionam alguns veículos de imprensa e sites, com o fito único de desestabilizar a nossa gestão compromissada.
É importante salientar que o quantitativo foi solicitado com base na disponibilização de recursos de emenda parlamentar da Deputada Federal Dra. Vanda Milani.

Por fim, esperamos ter trazido os esclarecimentos devidos, reiterando sempre, o nosso compromisso com a coisa pública.

Sheila Andrade Vieira
Secretária Municipal de Saúde de Rio Branco- SEMSA

One thought on “Apresentando a verdade – Prefeitura apresenta verdadeiros números e motivo da compra de mosquiteiros

Fechado para comentários.