Projeto do Fundo Municipal ensina sobre coreografias e repertório de Quadrilhas na baixada

Comunidade da baixada da Sobral aprende coreografias e repertórios de quadrilhas (Foto: Assecom)

Financiado pela Prefeitura de Rio Branco, por meio do Fundo Municipal de Cultura, o projeto “Coreografando no Repertório do Contexto Musical”, aprovado em Edital da Fundação Garibaldi Brasil (FGB), teve sua abertura realizada na última quinta-feira, 24, no Centro Cultural Lydia Hammes, na Baixada da Sobral.

A proponente, Lene Santos, conta que o projeto é uma oficina de 30h, e detalha o que será ensinado aos inscritos. “Iremos ensinar com muito carinho aos brincantes novatos e também aos antigos que não entendem o contexto de como se monta uma quadrilha. Fazer a oficina vai ajudar a gente a desenvolver futuros projetos e multiplicar para outras pessoas que não entendem como é feito tudo isso. Trabalhar aqui na baixada faz com que a gente chame mais adolescentes e jovens, afim de atrair a juventude a vir fazer parte da cultura popular”, destaca Lene.

O participante da oficina, Ricardo Sousa, enfatiza o aprendizado adquirido. “É a primeira vez que participo de uma oficina, mesmo já dançando há 4 anos, e para mim está sendo gratificante participar da oficina, pois aprendemos mais sobre a coreografia, a quadrilha e tudo que envolve a área”, encerra Ricardo.