Prefeito de Rio Branco visita maior indústria de beneficiamento de amendoim do país – a Beatrice Peanuts

Prefeito Tião Bocalom conhece equipamentos de beneficiamento do amendoim (Foto: Assecom)

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, acompanhado dos secretários Municipais de Agropecuária, Eracides Caetano, e de Agricultura e Pecuária de Senador Guiomard, Gleison Lopes, do assessor especial de Comunicação, Ailton Oliveira, da vereadora de Rio Branco, Lene Petecão e da prefeita de Senador Guiomard, Rosana Gomes, visitou, na tarde dessa terça-feira, 22, a indústria de beneficiamento do amendoim, Beatrice Peanuts, em Tupã, São Paulo.

Na oportunidade, a comitiva da Prefeitura de Rio Branco aproveitou para conhecer a colheita da leguminosa e a colheitadeira automotriz, uma máquina independente, que realiza toda a operação da colheita.

A prefeita de Senador Guiomard, Rosana Gomes, disse ter ficado encantada com a indústria, que exporta amendoim até para o mercado europeu. “Estou encantada com essa indústria maravilhosa, e em ter conhecido o nosso amigo Ronildo, parabenizá-lo pelo investimento e dizer que eu já vim aqui com um sonho para a economia do nosso município lá no Acre, que é conhecido como o município do amendoim”

O proprietário da Beatrice, Romildo Contelli é o maior produtor de amendoim do Brasil, ele cultiva o produto nos estados de São Paulo e Mato Grosso. “Estou na produção de amendoim há 42 anos. Tinha uma empresa que atendia somente o mercado interno e há 6 anos começamos na exportação e nos tornamos o maior exportador de amendoim do Brasil, principalmente para o mercado europeu”

O secretário Municipal de Agricultura, Eracides Caetano, falou sobre a possibilidade de expandir a produção de amendoim no estado do Acre.
“Tem um empresário aqui, que é um dos maiores empresários do país, que já cultiva também no Mato Grosso. E ele tem vontade de produzir também lá no Acre”, disse esperançoso.

O prefeito Bocalom afirmou que fortalecer a produção de amendoim é um sonho para todo o Estado. “A princípio é fortalecer a produção de Senador Guiomard. E Rio Branco poderá participar, também, do projeto. A gente precisa aprender a sonhar e sonhar alto. O Acre precisa produzir. Nós precisamos exportar para ter dinheiro novo na economia”, finalizou.