Parceria entre RBTrans e Semsa conscientiza condutores contra o mosquito da dengue, zika e chikungunya

Blitz educativa é realizada para conscientizar população sobre o mosquito Aedes aegypti (Foto: Evandro Derze/Assecom)

A Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), em parceria com a RBTrans, realizou nesta quarta-feira, 23, uma blitz educativa para alertar os condutores contra a propagação do mosquito Aedes aegypti transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Mesmo diante do cenário delicado com a crise pandêmica de covid-19 e das chuvas que continuam na cidade é preciso ter atenção redobrada contra o agente transmissor, mais especificamente na parte alta de Rio Branco.

A coordenadora de ações de visitas domiciliares, Cilani Peres, relata que a transmissão do vírus é muito alta nessa região da cidade. “Todas as quartas-feiras nós realizamos esse trabalho que foi intitulado o dia ‘D’ de combate ao Aedes aegypti e vai continuar acontecendo em pontos estratégicos de Rio Branco”, afirma a coordenadora.

O condutor Daniel Miranda fala que a ação é muito importante e tem consciência de todos os cuidados que precisa ter. “Geralmente as pessoas colocam toda a responsabilidade no Poder Público, claro que tem a sua participação, mas toda a sociedade tem que ter sua contribuição, senão as coisas não funcionam”, concluiu Daniel.

Cuidados fora de casa

• Limpar as calhas e lajes das casas. Se houver piscina, lembrar aos moradores de que a água deve ser sempre tratada.
• Manter recipientes/locais de armazenamento de água, como caixas d’água, poços, latões e tambores, bem fechados.
• Guardar garrafas vazias de boca para baixo.
• Eliminar a água acumulada em plantas, como bambus, bananeiras, bromélias, gravatás, babosa, espada de São Jorge, dentre outras.

Cuidados em casa

• Evite, sempre que possível, o uso de pratos nos vasos de plantas. Caso opte por sua utilização, não deixe acumular água neles e nos xaxins. Coloque areia, preenchendo o prato até sua borda, ou lave-o, semanalmente, com esponja ou bucha e sabão, para eliminar os ovos do mosquito.
• Lave os bebedouros de animais com escova, esponja ou bucha, e troque a água pelo menos uma vez por semana.
• Não deixe nenhum depósito de água aberto (ex.: potes, tambores, filtros, tanques e outros). Como o mosquito é bem pequeno, qualquer fresta, nesse tipo de depósito, é suficiente para a fêmea conseguir colocar ovos e iniciar um novo ciclo.

Cuidados com o lixo

• Não jogar lixo em terrenos baldios.
• Manter o lixo tampado e seco até seu recolhimento.
• Tampar as garrafas antes de colocá-las no lixo.
• Separar copos descartáveis, tampas de garrafas, latas, embalagens plásticas, enfim, tudo que possa acumular água. Fechar bem em sacos plásticos e colocar no lixo.