Prefeitura inicia a retomada de lojas que estão há mais de um ano fechadas no Shopping Aquiri e lojistas elogiam a ação

Lojistas elogiam ação da prefeitura que lacrou boxes fechados no Shopping Aquiri (Foto: Felipe Freire/Assecom)

A Prefeitura de Rio Branco vai retomar as lojas que estão fechadas no Shopping Aquiri, cujos lojistas permissionários não manifestem interesse em ocupar os referidos espaços. Nesta quinta-feira, 17, uma equipe de fiscais procedeu ao lacre de 11 (onze) estabelecimentos que se encontram fechados e seus permissionários não justificaram a não ocupação ou, simplesmente, deixaram de sequer se manifestarem após serem notificados pelo Município.

De acordo com o secretário municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Cid Ferreira, em um monitoramento feito durante um ano a Prefeitura detectou que mais de 60 (sessenta) lojas permanecem fechadas, sendo que muitas delas estão sendo objeto de especulação. “Os lojistas foram notificados várias vezes para explicar o porquê da não ocupação desses espaços, não tendo justificado o porquê”, explica Cid Ferreira.

O secretário afirmou que não é interesse da prefeitura retomar essas lojas, porém lembra que enquanto estas permanecem fechadas muitos empreendedores que hoje não têm onde abrir um negócio aguardam na fila para conseguir uma loja no referido Shopping. “Para se ter uma ideia, foi feito um levantamento durante mais de um ano, as pessoas foram notificadas, a prefeitura respeitou todos os critérios antes de chegar a essa situação”, disse Cid Ferreira.

Redistribuição
Ele disse que o processo de retomada dos espaços físicos no local continua e as pessoas estão sendo notificadas para se defender. “As pessoas que não demonstrarem interesse em ocupar terão os espaços retomados e estes serão redistribuídos para quem precisa de um local para instalar seus negócios. Isso só será feito dentro dos critérios estabelecidos pela legislação.

Prejuízos
Cid Ferreira ressaltou que o fechamento dessas lojas causa prejuízos para os lojistas que estão comercializando seus produtos no local, o que confirmado pelos próprios comerciantes. “A prefeitura faz certo ao pegar de volta essas lojas e dar para quem quer trabalhar. Com essas lojas fechadas, os clientes entendem que não é interessante procurar o que interessa a eles, pois não há concorrência. E quem perde com a falta de clientes somos nós”, afirmou A. N. S., que possui uma loja no segundo piso do shopping.

A idosa M. L.S.A., que ajuda a filha a vender seus produtos, elogiou a ação da prefeitura. “Veja bem: tem muita gente aqui que está inclusive anunciando a venda de suas lojas e depois voltam para vender seus produtos no calçadão. Por isso, acho que a prefeitura está de parabéns em retomar essas lojas que estão fechadas e repassar para que quem realmente precisa”, concluiu.