Prefeitura de Rio Branco define para concessionários do Aquiri Shopping preços mais justos no aluguel de lojas

 

Prefeito recebe novamente permissionários do Aquiri Shopping (Foto: Felipe Freire/Assecom)

Os concessionários do Centro Popular de Compras Aquiri Shopping se reuniram novamente com a prefeitura de Rio Branco, na tarde dessa quarta-feira, 16. A primeira conversa aconteceu, em fevereiro, quando os empreendedores trouxeram várias reinvindicações ao prefeito Tião Bocalom entre elas a isenção do pagamento do aluguel das lojas por 90 dias, que para ser aprovado precisa ainda ser passado por votação na Câmara de Vereadores e a diferenciação dos valores do aluguel por localização em cada um dos três pisos do shopping. Na época ficou definida a criação de uma comissão para auxiliar nas demandas desses permissionários.

Estiveram presentes na reunião, que ocorreu no auditório da Prefeitura de Rio Branco, além do prefeito Tião Bocalom, o chefe do Gabinete Militar, Coronel Ezequiel Bino, o Assessor Especial de Articulação Institucional, Helder Paiva, o secretário Municipal da Casa Civil, Valtim José, os vereadores Rutênio Sá e Lene Petecão e a coordenadora do Aquiri Shopping, Fabíula Moreira.

“A reunião é uma segunda etapa que eles já tiveram com o prefeito. Ficou acordado da prefeitura fazer um estudo para ver melhores condições para eles referente aos valores. Por conta da pandemia, eles alegaram que os valores estavam um pouco altos para eles pagarem, e o nosso prefeito, com todo o coração que ele tem, analisou com a equipe dele financeira a melhor forma de diminuir esse impacto para eles no valor”, explicou a coordenadora do Aquiri Shopping, Fabíula Moreira.

Ainda segundo a coordenadora desde o ano passado, a gestão Bocalom tem se preocupado e buscado levar melhorias e dignidade aos concessionários. “A prefeitura isentou no período do ano passado todo o valor que foi investido no shopping. Deixou isento para eles, na forma de deixar a pandemia passar e a economia pudesse melhorar, para ajudá-los. Infelizmente a economia não melhorou 100% e esperamos que este ano possa diminuir o efeito dela, que a economia melhore e eles consigam pagar os boletos e os espaços que eles utilizam”, disse Fabíula Moreira.

O vereador Rutênio Sá destacou que a gestão está traçando estratégias para beneficiar não só os lojistas, mas também os consumidores que frequentam o Aquiri Shopping. “A Prefeitura tem uma sensibilidade dos dias atuais, em relação aos concessionários do shopping Aquiri. O prefeito está tratando com bons olhos. Estamos traçando as estratégias e com a proposta de anistiar essa cobrança, em virtude das demandas que estão ocorrendo, o retorno ao transporte público com um movimento grande de pessoas, das aulas, a diminuição dos índices da pandemia e trazendo novas iniciativas para o shopping Aquiri, a instalação de um CAC, Banco, dentre outros atrativos que possam trazer um maior movimento de clientes para esses concessionários, para que eles possam manter essa estrutura”, destacou o vereador.

Para ajudar os lojistas a prefeitura criou um Grupo de Trabalho Institucional (GTI), composto pelas secretarias Municipais de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (Seinfra), de Finanças (Sefin), de Agropecuária (Seagro) e Gabinete Militar, com o apoio do Legislativo Municipal, que cuida das demandas referentes ao empreendimento. Segundo o Coronel Ezequiel Bino, o grupo analisa e auxilia as demandas dos concessionários e a reunião foi de suma importância para todos. “A gente traz os anseios dos concessionários e tratamos algumas propostas trazidas pelos concessionários que trabalham no Aquiri Shopping. Encaminhamos ao prefeito, por meio dos vereadores e aqui tivemos um bom encaminhamento. Definimos preços públicos do Aquiri Shopping e considerando o momento tão difícil da economia, foi estabelecido novos preços, mais justos ao momento. O prefeito é muito sensível ao problema e chegamos a um bom entendimento”, ressaltou o chefe do gabinete.