Prefeito de Rio Branco acompanha saída de barcos do Programa Itinerante em Saúde que vão atender os ribeirinhos

135 mil atendimentos devem ser realizados no Itinerante de saúde (Foto: Felipe Freire/Assecom)

Levar saúde e dignidade, não só aos moradores da capital acreana, mas também aos locais de difícil acesso, como ribeirinhos e moradores da zona rural, são algumas das prioridades do prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom.

Na manhã desta terça-feira, 15, o prefeito, a secretária Municipal de Saúde (Semsa), Sheila Andrade e o Assessor Especial de Articulação Institucional, Helder Paiva, acompanharam a saída dos barcos que irão percorrer mais de 50 comunidades ribeirinhas ao longo do Rio Acre. A ação faz parte do Programa Itinerante em Saúde.

Ao todo 12 barcos, divididos entre barcos grandes, voadeiras e batelões transportaram mais de 62 profissionais, entre médicos, dentistas, técnicos em saúde bucal, enfermeiros, técnicos de enfermagem, agentes comunitários de saúde, agentes de endemias, agentes de controle de zoonose e todo o corpo de apoio, que levarão saúde aos ribeirinhos.

A estimativa é que sejam realizados ao todo mais 135 mil atendimentos no Itinerante de saúde, que tem data prevista de retornar para a capital acreana no dia quinze de abril, percorrendo durante um mês as comunidades isoladas. Sheila Andrade ressaltou que a ação é de suma importância. “Estamos levando não só os atendimentos, mas também medicamentos, vacinação, vacinação antirrábica para os animais domésticos, para podermos levar saúde e qualidade a todos. Essa é uma ação importante, devemos ter esse cuidado não só com os ribeirinhos, mas com a população da zona rural. A ação ribeirinha começa hoje, assim que terminar a ação, nós iniciaremos os itinerantes na zona rural para levar saúde a quem mais precisa”, ressaltou a secretária.

O itinerante, durante esses 30 dias, passará por 11 pontos de apoio para atendimentos, ofertando todos os serviços da Atenção Básica. Os pontos de apoio são:
– Projeto de Assentamento Barro Alto
– Projeto de Assentamento Cajazeira
– Reserva Cumaru
– Comunidade Assembleia de Deus
– Colocação Buriti
– Reserva Centro de Florestania
– São Francisco do Espalha
– Fazenda E Passagem
– Projeto de Assentamento Oriente
– Seringal Macaúba
– Seringal Macapá

Tião Bocalom destacou que o principal objetivo da gestão é levar qualidade de vida, saúde e dignidade a todos. “Os ribeirinhos são um povo que, em certo período do ano, ficam sem rio para navegar e sem ramal para poder sair. É um trabalho que será feito ao longo dos rios e também dos Igarapés. Isso vai com certeza levar dignidade a população que mora na beira do rio. Muitas vezes, eles se privam da saúde, pois não podem sair. Moram em distâncias grandes e para vir até a cidade demora. Esse trabalho que a nossa equipe da Secretaria Municipal de Saúde inicia hoje vai continuar levando dignidade a essa população que também merece”, enalteceu o prefeito.