Prefeitura de Rio Branco anuncia retorno das atividades normais nas Uraps Maria Barroso e Cláudia Vitorino

Secretária anuncia retorno das atividades normais de duas Uraps a partir de segunda-feira (Foto: Felipe Freire/Assecom)

Com a Situação de Emergência em Saúde Pública pelo qual o município de Rio Branco enfrentou no mês de janeiro, devido ao aumento de casos de Síndrome Gripal e de Covid-19, o prefeito Tião Bocalom, preocupado em levar dignidade a comunidade, tornou as Unidades de Referência em Atenção Primária (Urap’s) Cláudia Vitorino, localizada na entrada do Bairro Taquari, e Maria Barroso, localizada na região da baixada da Sobral, dois pontos de referência para atendimento exclusivo dos casos.

Apenas nas unidades de saúde do município, a gestão chegou a registrar mais de 3.500 casos por dia de Síndrome Gripal e 1.327 de Covid-19, de janeiro até março. Graças às ações realizadas pela prefeitura os casos diminuíram, e nesta quinta-feira, 10, registraram apenas 35 de gripe e 2 de Covid-19.

Devido essa redução a secretária Municipal de Saúde, Sheila Andrade, fez uma coletiva de imprensa para anunciar que a partir de segunda-feira, 14, as Urap’s Cláudia Vitorino e Maria Barroso vão deixar de atender apenas casos de Síndrome Gripal e Covid-19 e retornar a ter todos os atendimentos normais da atenção básica. “Hoje, nós estamos no dia 10 de março e graças a Deus estamos sem a necessidade de continuar com essas duas Uraps como referência para atendimento de síndrome gripal e Covid. Os dados epidemiológicos mostram que nós não estamos mais com essa procura, esse surto de Síndrome Gripal. Quero comunicar que a partir de segunda-feira, as duas Uraps voltam a ter todos os atendimentos normais dentro da atenção básica, para atender à população com tudo que a atenção básica oferece”, ressaltou a secretária.

Sheila Andrade explicou ainda que, caso a população sinta os sintomas de gripe ou Covid-19, a atenção básica vai continuar atendendo todos os rio-branquenses que procurarem esse tipo de atendimento. “Continuamos com todas as unidades da atenção básica atendendo à população. Já temos os testes, se for necessário vamos fazer os testes rápidos para Covid-19, vamos passar pelo médico e fazer a dispensação de medicamento para qualquer pessoa do município que necessite”, explicou Sheila Andrade.