Prefeitura faz mutirão de manutenção da iluminação pública em vários bairros de Rio Branco

Mesmo sendo feriado, a Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Cuidados com a Cidade (SMCCI), executa constantemente ações de manutenção na iluminação pública da capital acreana, seguindo o cronograma de serviços.

No primeiro bimestre deste ano já foram realizados trabalhos de recuperação da Iluminação Pública nos bairros: Xavier Maia, Ivete Vargas, Santa Inês, Portal Ipê e as praças do Calafate e Juventus. Esses bairros já estão 100% iluminados. As vias principais como as Avenidas Antônio da Rocha Viana, Getúlio Vargas e Nações Unidas também já receberam os serviços de manutenção.

Além disso, áreas que estavam mais críticas como o Ramal Bom Jesus e demais ramais da Vila Acre, também recebem os trabalhos do mutirão de iluminação pública.

Os trabalhos contam principalmente com o diálogo com a comunidade, onde são apresentados os principais problemas na iluminação em pontos específicos e as equipes realizam os reparos necessários em toda a rede elétrica dos bairros.

Várias estratégias e um plano de ação efetivo foi executado para resolver os problemas de iluminação. A Secretaria Municipal de Cuidados com a Cidade (SMCCI) tem trabalhado de forma expressiva, aumentando o número de equipes e apresentando bons resultados em benefício da população.

Durante o mês de março atendendo a solicitação do Prefeito Tião Bocalom, o Departamento de Iluminação Pública de Rio Branco realizará os serviços nos bairros: Montanhês, Jorge Lavocart, Wilson Ribeiro, Portal da Amazônia, Portal Ipê, Cidade do Povo e Calafate. Serão reestabelecidos cerca de 1.200 pontos de iluminação, apenas nesses bairros.

A expectativa da Secretaria e seguindo o planejamento é recuperar toda iluminação de ruas, parques, quadras e praças, até o final do primeiro semestre de 2022. Como parte do programa, há a substituição de lâmpadas por iluminação de led, durante as etapas do projeto de eficientização energética, o que também representa diminuição nos custos em manutenção, aos cofres públicos.