Prefeitura vai iniciar a construção de abrigos para acolher famílias que forem atingidas com o iminente transbordamento do rio Acre

Com vistas ao iminente transbordamento do rio Acre e seus afluentes, previsto pela Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec) para as próximas horas, a Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (Seinfra), vai iniciar a construção de 30 (trinta) abrigos no Parque de Exposições Wildy Viana para abrigar famílias que forem afetadas pelo fenômeno natural.

De acordo com o secretário Cid Ferreira (Seinfra), que esteve na manhã desta segunda-feira, 21, no parque, a determinação do prefeito Tião Bocalom é de que todos os esforços sejam feitos para que as pessoas que necessitem ser removidas de suas residências para outros locais sejam assistidas com rapidez e dignidade.

“Existe a previsão de cheia do leito do rio Acre e nós, da Secretaria Municipal de Infraestrutura, com a Secretaria Municipal de Cuidados com a Cidade, já estamos fazendo os preparativos no Parque de Exposições para receber as famílias atingidas”, explicou Cid Ferreira.

De acordo com a Comdec, já estão sendo mantidos contatos com diretores de algumas escolas onde as primeiras famílias a serem atingidas pelas águas do manancial deverão ser acolhidas em abrigos alternativos, tendo em vista a pandemia do Novo Coronavírus.