Prefeitura e demais instituições do Estado e Município discutem ações efetivas sobre pessoas em Situação de Rua

A Prefeitura de Rio Branco participou de uma reunião, na manhã desta sexta-feira, 18, promovida pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), para discutir ações efetivas sobre pessoas em Situação de Rua. O encontro contou também com a participação de outras instituições do Estado e do Município.

Na reunião, foi discutido sobre o aumento nos casos de violência contra a população de rua. Segundo dados levantados pela Sejusp, só nos primeiros meses de 2022, morreram 3 moradores de rua por homicídio, um número maior do que nos quatro anos anteriores (2018, 2019, 2020 e 2021).

O secretário da Sejusp, Coronel Paulo Cézar, ressaltou que é importante buscar soluções para minimizar a vitimização dos moradores de rua. “É necessário realizar ações objetivas, de abordagem, atendimento, e intervenção efetivamente na vida dessas pessoas que estão sendo, de uma forma ou outra, expostas e morrendo por motivos vinculados a dependência química”, ressaltou o secretário.

O chefe do Gabinete Militar, Coronel Ezequiel Bino, enalteceu que a reunião vai proporcionar um ambiente adequado para que as instituições estabeleçam as medidas que serão tomadas para ajudar essa população. Segundo ele, o prefeito Tião Bocalom se preocupa diariamente em levar dignidade a todos os moradores. “É o tipo de tema que interessa várias instituições. Não tem como resolver esse problema com apenas uma instituição trabalhando. Essa reunião envolve vários setores, secretaria do município, órgãos do Estado, para que juntos busquemos soluções para dar mais proteção a essa população. Não importam as causas que levaram essas pessoas a permanecer nas ruas. O importante é que elas sejam cuidadas e acima de tudo que consigam ser retiradas das ruas”, ressaltou o coronel.