Prefeitura de Rio Branco empossa 135 servidores provisórios para Unidades de Saúde e programas estratégicos

Novos servidores provisórios para ajudar a combater a Síndrome Gripal e covid-19 (Foto: Dircom)

O Prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, junto a secretária Municipal de Saúde, Sheila Andrade, deu posse, na manhã desta terça-feira, 18, no Palácio do Comércio, a 135 novos servidores provisórios para atuarem nas Unidades de Saúde e programas estratégicos na capital acreana. Na ocasião, estiveram presentes o líder do prefeito na Câmara, Raimundo Castro e o assessor parlamentar, Helder Paiva.

A cerimônia, seguindo os protocolos de segurança, contou com um número limitado de servidores, representando os demais empossados, devido aos altos índices de Síndrome Gripal e covid-19 no município. Rosilene Mesquita foi uma das profissionais empossadas. Ela vai atuar como auxiliar de farmácia e disse estar feliz por ajudar a população acreana. “Estou muito feliz de estar participando desse concurso provisório”, disse a auxiliar de farmácia.

Na solenidade, o prefeito Tião Bocalom e a Secretária Municipal de Saúde, Sheila Andrade, aproveitaram para homenagear dois médicos, a Dra. Leandra e o Dr. Jean, que atuaram voluntariamente na Unidade de Referência de Atenção Primária (Urap) Maria Barroso, localizada na região da Baixada da Sobral, em Rio Branco, ajudando no diagnóstico e tratamento dos casos de Síndrome Gripal e covid-19, no momento em que a população mais precisou de atendimento. A médica Leandra Novais ressaltou estar muito feliz por poder contribuir com a saúde dos rio-branquenses. “Me sinto muito grata pelo meu serviço ser reconhecido e isso mostra que a profissão que eu escolhi realmente é o que me gratifica todos os dias”, ressaltou a médica.

Dra. Leandra e  Dr. Jean receberam homenagem pela ajuda prestada (Foto: Dircom)

Segundo a secretária da Semsa, Sheila Andrade, os profissionais vieram para somar e trazer ainda mais qualidade de saúde e atendimento para a população do município. “Nós estamos em guerra contra a Síndrome Gripal, contra a covid-19. Esses profissionais que estão agregando nesse momento vieram para somar, junto aos profissionais que já estão trabalhando, para dar uma melhor qualidade na saúde da população de Rio Branco”, disse a secretária.

O prefeito Tião Bocalom ressaltou a importância de mais profissionais contribuírem com a saúde da capital e frisou que a gestão está empenhada em levar dignidade aos rio-branquenses. “É muito importante a gente aumentar o número de pessoal em um momento tão difícil pelo qual estamos passando, com a covid-19 que espocou, como diz o acreano, e com os números de casos de Síndrome Gripal. Tudo isso está judiando muito da nossa população. Nesse momento, esse concurso provisório que a Secretaria fez é fundamental. Eu tenho fé em Deus que a gente vai melhorar muito a questão da saúde no município”, ressaltou o prefeito.

Os 135 servidores estão distribuídos nos cargos de:

 Auxiliar de farmácia: 53
 Agente de vigilância em saúde: 21
 Educador social: 02
 Técnico em laboratório: 10
 Enfermeiro: 13
 Psicólogo: 02
 Nutricionista: 03
 Farmacêutico: 06
 Fisioterapeuta: 04
 Fonoaudiólogo: 04
 Médico clinico geral: 17