Prefeitura de Rio Branco decreta situação de emergência na saúde do município

Prefeito Tião Bocalom assina o decreto devido ao aumento nos casos de Síndrome Gripal e Covid-19 na capital acreana (Foto: Dircom)

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, junto a Secretaria Municipal de Saúde, Sheila Andrade, e o Coordenador de Assuntos Jurídicos e Atos Oficiais do Gabinete do Prefeito, Jorge Bezerra, assinaram um decreto, nesta segunda-feira, 10, de situação de emergência na saúde do município. O motivo do decreto foi devido ao aumento nos casos de Síndrome Gripal e Covid-19 na capital acreana.

Segundo a secretária Municipal de Saúde, Sheila Andrade, o decreto é importante tanto para a parte administrativa da gestão da saúde, como também para a população. “Especificamente para a saúde, podemos fazer as nossas aquisições de materiais necessários, e para a pulação é mostrando que a prefeitura está decretando que existe sim, está confirmando que existe uma epidemia de gripe no município. Tome mais cuidado, evite aglomeração, se você estiver com suspeita, faça a sua confirmação se é gripe ou Covid-19, o decreto é fundamental para que a população fique mais alerta e tenha cuidados maiores”, explicou a secretária.

Para Sheila o decreto é importante tanto para a parte administrativa da gestão da saúde, como também para a população (Foto: Dircom)

Uma das medidas imediatas que a prefeitura tomou, para contribuir com o atendimento à saúde e levar dignidade a população acreana, foi colocar a Unidade de Referência de Atenção Primária (Urap) Maria Barroso, localizada na região da Baixada da Sobral, em Rio Branco, como ponto de referência para atendimento exclusivo de casos de Síndrome Gripal. O atendimento na Urap é diário, das 7h às 22h.

O prefeito Tião Bocalom ressaltou que é muito importante fazer a parte de prevenção, contribuindo com a saúde dos rio-branquenses. “Tem muita gente com gripe, e essa gripe está misturando com a Covid-19, a prefeitura, o sistema de saúde preventivo precisa funcionar na sua plenitude. Por isso que nós estamos fazendo esse decreto de emergência, estamos convocando mais profissionais para trabalhar”, ressaltou o prefeito.

O prefeito Tião Bocalom ressaltou a importância da prevenção, contribuindo com a saúde dos rio-branquenses (Foto: Dircom)

A Prefeitura de Rio Branco anunciou ainda que vai ser decretado no Diário Oficial desta terça-feira, 11, a convocação do Processo Seletivo Simplificado n°03/2021 para contratação de servidores para a atuação na Atenção Primária de Saúde do município de Rio Branco. Na próxima terça-feira, 18, será feita a nomeação. Ao todo, serão convocados 145 profissionais de saúde, sendo:

  • Auxiliar de farmácia: 53
  • Agente de vigilância em saúde: 21
  • Educador social: 2
  • Técnico em laboratório: 10
  • Enfermeiro: 13
  • Psicólogo: 2
  • Nutricionista: 3
  • Farmacêutico: 6
  • Fisioterapeuta: 4
  • Fonoaudiólogo: 4
  • Médico clinico geral: 27