Prefeitura realiza treinamento de combate a incêndio em fase inicial para servidores municipais

Prefeito Tião Bocalom e servidores da prefeitura participam de treinamento de combate aos incêndios (Foto: Dircom)

A Prefeitura de Rio Branco, por meio do Gabinete Militar, em parceria com a Defesa Civil Municipal, realizou na manhã desta sexta-feira, 7, treinamento de combate a incêndio em fase inicial para servidores municipais, lotados na sede administrativa do Município.

Para o coronel Ezequiel Bino, chefe do Gabinete Militar, o conhecimento adquirido nesta formação será de grande utilidade, uma vez que aplicado em situações de emergência pode ser o diferencial para salvar vidas.

“Esse aprendizado aqui serve para o nosso dia-a-dia no trabalho, mas serve, também, para a nossa vida familiar, para a nossa vida na sociedade. Então, ele é útil para a nossa vida como um todo”, enfatizou o militar.

Durante o treinamento, ministrado pelos bombeiros da Defesa Civil Municipal, os participantes receberam informações teóricas e práticas de como atuar no combate aos incêndios, bem como utilizar de maneira correta os extintores em diferentes tipos de emergências.

O coordenador da Defesa Civil, tenente-coronel BM Cláudio Falcão, falou sobre conhecimentos e técnicas de combate a incêndio e como utilizar de forma adequada os extintores de CO2, de pó químico e como debelar o fogo numa botija de gás. “Foram ministradas várias técnicas de combate a incêndio. Foi um treinamento de grande proveito”, afirmou Falcão.

Participaram do treinamento os colaboradores, pessoal de apoio, secretários e até mesmo o prefeito Tião Bocalom. Conforme o prefeito, o objetivo é assegurar que o servidor saiba agir em situação de risco, garantindo sua segurança, dos demais servidores e da população.

Ele destacou a importância do treinamento para que os servidores municipais possam atuar na preservação da vida e no combate a incêndio nos prédios públicos.

“É muito importante um treinamento como esse, pois ninguém sabe a hora de um acidente, de um incêndio. A grande maioria não sabe como manusear um extintor. É um treinamento fundamental, que será realizado em outros prédios do Município”, concluiu Tião Bocalom.