Prefeito de Rio Branco se reúne com o Instituto Áquila e secretarias para definir as prioridades de gestão

Prefeito discute com os secretários as prioridades para o próximo ano (Foto: Dircom)

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, participou de uma reunião, no fim da tarde desta segunda-feira, em seu gabinete, com representantes do Instituto Áquila, Secretaria de Municipal Educação  (Seme), Secretaria Municipal de Finanças (Sefin), Secretaria de Estado e Infraestrutura (Seinfra), Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (RBTrans) e o Serviço de Água e Esgoto de Rio Branco (Saerb).

O Instituto Áquila atua como uma empresa de consultoria em gestão e atende a iniciativa público-privada para ajudar a melhorar a produtividade das empresas. De acordo com consultora de gestão da Áquila, Ivila Medeiros, o objetivo da reunião foi definir a priorização dos compromissos de gestão da Prefeitura de Rio Branco para o ano de 2022.

“São os compromissos que estavam no plano de governo do prefeito, passou por uma rodada de priorização junto com as secretarias e agora estamos passando por uma rodada de priorização junto com o prefeito para que ele defina aquilo que é prioridade para que o Instituto possa ajudá-lo no acompanhamento”, contou Ivila.

A secretária municipal de educação, Nabiha Bestene, explicou quais são as prioridades do prefeito na Educação para o ano que vem. “É justamente a construção de creches e berçários. Depois tem também a ampliação das escolas que já estão selecionadas, e é isso que temos que fazer com o investimento, e as escolas centralizadas que ele tem falado muito. Énesse sentido que a educação veio mostrar os três principais que queremos que seja executado no ano que vem”, explicou a secretária.

O superintendente da RBTrans, Anízio Alcântara contou sobre as prioridades da superintendência municipal de transporte e transito da capital. “As prioridades da RBTrans são a criação da empresa municipal de transporte, a criação do fundo municipal de transporte e também a câmara de compensação mais inteligente, mais evoluída, capaz de finalizar relações de pagamento de um modo mais inteligente nas operações do sistema”, contou o superintendente.

O presidente do Saerb, Edivaldo Fortes, explicou que a prioridade do prefeito é a reversão do serviço de água e esgoto para o município. “O momento agora é de planejamento final da reversão. A gente assume, de fato no dia primeiro, com gestão compartilhada com o Depasa em até 120 dias, mas nós assumimos de fato no dia primeiro. Com uma forma transitória de trabalho, vamos alinhando os passos a passo, por que você não pode ter uma ruptura de imediato, temos até 120 dias para trabalhar compartilhado com o Depasa”, disse o presidente.

Segundo o prefeito Bocalom, as prioridades do município são muitas, mas é necessário definir as principais. “Não tenho dúvidas que as prioridades são muitas, mas estamos fazendo, periodicamente, reuniões com as secretarias no sentido de que possamos definir realmente o que é principal, para que o Áquila possa fazer o diagnóstico e nos orientar para termos a maior eficiência possível’, disse o prefeito.