Prefeitura promove treinamento aos técnicos da Semeia responsáveis pelo monitoramento da poluição sonora em Rio Branco

Prefeito quer usar a orientação como forma de educar sobre poluição sonora (Foto: Dircom)

A Prefeitura de Rio Branco promoveu, na manhã desta segunda-feira, 22, no auditório da escola João Aguiar, bairro Manoel Julião, um treinamento aos servidores da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semeia), responsáveis pelo monitoramento da poluição sonora na capital acreana.

O secretário de Meio Ambiente, Normando Sales trouxe um especialista do Rio de Janeiro para treinar sua equipe. De acordo com o instrutor John David o curso é uma atualização dos procedimentos da NBR 10.151 de 2019 que trata de todos os procedimentos de medição de ruídos. “Além dessa norma vou também falar da legislação do Rio de Janeiro e dar noções de acústica, para os auditores fiscais”, disse.

O treinamento, segundo Normando Sales, irá capacitar a equipe e as pessoas que vão lidar com àqueles empreendedores ou àquelas unidades que usam o sistema de som mais alto. “ Nesse primeiro momento iremos capacitar a equipe da Semeia e em um segundo momento o pessoal da RBTrans. Esse conjunto de atividades econômicas não tinham regulamentação aqui em Rio Branco, agora tem através de uma instrução normativa criada na gestão Bocalom e aprovada pelo Conselho Municipal de Meio Ambiente”, explicou Normando Sales.

Segundo Tião Bocalom, a poluição sonora é uma questão de cultura. “Nós precisamos educar as pessoas para que elas entendam que se o som está muito alto atrapalha o vizinho. E não fazer como sempre fizeram, chegar já multando, fechando uma igreja. A gente precisa saber dosar e é nessa linha que trabalhar, com a orientação primeiro”, enfatizou Bocalom.