Prefeitura de Rio Branco leva “Hortas e Fazendinhas nas Escolas” para a creche Ione Portela no Nova Estação

A Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Econômico (Safra), através da equipe e do diretor de Apoio a Economia Solidária, Fernando Guedes, fez, na manhã desta quarta-feira, 17, uma visita na creche Ione Portela da Costa Casas, no bairro Nova Estação onde verificou espaço do projeto “Hortas e Fazendinhas nas Escolas”, do prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom.

A creche Ione Portela é uma das 11 escolas pilotos para a realização do projeto. Segundo a diretora da creche, Elizangela Souza, esse é um momento de interação entre a escola e a comunidade.

“No momento em que você desenvolve um projeto desse, você não só atende as crianças, mas também os pais. Com esse projeto de alimentação os pais ficam muito interessados porque mexe com os seus pequenos, com a família. Então é um projeto de excelência. Eu só tenho a parabenizar a iniciativa do prefeito em desenvolvê-lo”, disse a diretora.

A creche atende 275 crianças, mas existe uma previsão de atender 308. “Como a gente inaugurou duas salinhas novas, então a tendência é ter 308 criancinhas participando desse projeto belíssimo”, afirmou Souza.

A professora Marilu Aguilar falou sobre as expectativas do projeto. “O prefeito Bocalom ficou muito interessado e viu que era hora tirar do papel um sonho tão grande dele que é colocar essas hortas para produzir alimentos e como uma ferramenta também para os professores”, assegurou a professora.

“Temos duas cartilhas, uma para as famílias e a outra para os professores orientando o cultivo das hortaliças e ensinando também matemática, ciências, português através dessa horta. Ela é um ponto de partida onde irão vivenciar e descobrir a alimentação porque nós somos o que comemos. E agora vamos mostrar a essas crianças como é bom uma alimentação saudável”, finalizou Aguilar.