Prefeito de Rio Branco Tião Bocalom vistoria obras no Projeto de Assentamento Moreno Maia

Prefeito volta ao ramal do Projeto Moreno Maia para vistoriar obras no local (Foto: Dircom)

No início deste ano o prefeito Tião Bocalom, o secretário Municipal de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Econômico (Safra), Eracides Caetano e o presidente da Empresa Municipal de Urbanização (Emurb), engenheiro José Assis, foram ao Projeto de Assentamento Moreno Maia verificar in loco as condições da estrada que era bem complicada.

Dez meses depois a situação no ramal é bem diferente. Ainda não foi possível realizar àquilo que a gestão da prefeitura queria, mas já adiantou muito. Hoje os ramais oferecem um bom tráfego e a prefeitura ainda está trabalhando.

“Há tempos atrás, já nesta época, não tinha condições de rodar no ramal. ”, informou a produtora rural Fernanda Correia.

“Nós temos confiança de que o Bocalom vai fazer a diferença”, disse outro morador.

“A situação aqui era difícil, a gente sofria bastante, atolava muito. Agora deu uma melhorada 100%”, falou o caminhoneiro Leandro Fabrício.

De acordo com o presidente da Associação Rural, Raimundo Celestino os produtores estavam abandonados há muito tempo, o que era feito não superava a expectativa de nenhum produtor. “As coisas agora estão andando, estão melhorando. O ânimo das pessoas aumentou e a gestão Bocalom está superando os 20 anos que o Deracre ficou à frente dos ramais”.

Quem está à frente dos serviços no ramal coordenando as obras é a Emurb, através do presidente engenheiro José Assis. Ele explicou o que já foi feito.  “Como os ramais não tinham nenhum benefício há muito tempo, o que nós planejamos, já fizemos. Realizamos a limpeza, a recomformação das plataformas, fizemos as saídas d´água, recuperamos algumas partes da drenagem e subimos alguns aterros”, disse Assis.

E os produtores ficaram satisfeitos com a palavra do presidente da Emurb e com a palavra do prefeito Tião Bocalom, e claro, com o trabalho que vem sendo realizado.

O secretário da Safra, Eracides Caetano, que também estava com o grupo no início do ano visitando o ramal explicou que o tempo foi curto para fazer um trabalho 100% devido a prefeitura ter problemas com o maquinário e licitação. “A gente está fazendo o possível para deixar o ramal transitável o ano inteiro”, informou Eracides.

Seu Antônio Pereira no começo do ano, perdeu toda a produção de tangerinas e outras frutas porque não tinha condições de escoar a produção até a cidade. Ele aproveitou esse retorno do prefeito ao local para agradecer. “Este ano vou conseguir tirar minhas frutas e levar para cidade. Mais de 20 anos de abandono. Por isso quero agradecer ao prefeito Tião Bocalom pelo o que ele está fazendo pela nossa comunidade do Moreno Maia”.

“Eu fico emocionado. Ver o reconhecimento de pessoas como o senhor Antônio e olha que não conseguimos fazer o que queríamos fazer, mas tenho fé em Deus que até o final dos nossos 4 anos vamos conseguir e os produtores vão poder plantar, colher, escoar sua produção e ganhar dinheiro”, enfatizou Bocalom.