Prefeitura de Rio Branco e Sebrae realizam oficina do Programa Inova Amazônia

A Prefeitura de Rio Branco, em parceria com Sebrae/Ac, realizou na tarde desta terça-feira, 9, uma oficina do Programa Inova Amazônia 2021 que visa fortalecer a bioeconomia e fomentar o crescimento econômico e sustentável. Com metodologia de inovação aberta, o evento ocorreu no auditório do Sebrae, localizado na Avenida Ceará.

Os estagiários do município, presentes ao evento, foram convidados a participar da oficina, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH). “Isso é produzir para gerar emprego e renda, uma linha da gestão do prefeito Tião Bocalom, voltada para a juventude”, destacou Rila Freze, diretora de Direitos Humanos SASDH.

A secretária em exercício da SASDH, Thalita Menezes, falou da satisfação com o convite do Sebrae para participar do projeto Inova Amazônia e do leque de oportunidades para os estagiários de toda prefeitura. “É uma grande satisfação realizar essa parceria, e que essa seja só a primeira de muitas que virão”, disse.

O edital para inscrição foi aberto no dia 14 de novembro e se encerra no próximo dia 28 e funciona em forma de consórcio para os estados Acre e Rondônia.

São 50 vagas para cada unidade federada, com bolsas voltadas para o empreendedorismo na Amazônia Legal, visando a promoção do desenvolvimento territorial. “Uma oportunidade importante para quem tem uma ideia ou um negócio inovador em bioeconomia”, destacou a estagiária Eliana Martins.

O consultor do Sebrae/Ac, Vander Nicácio, ressaltou que os participantes podem alcançar o próximo nível do programa de aceleração e apoio financeiro e potencializar sua ideia ou negócio. “Ao se inscrever no programa Inova Amazônia você concorre a mentorias e a uma bolsa de até R$ 72 mil para desenvolver todo o seu potencial inovador”, ponderou.

O gestor de inovação Jorge Freitas lembrou que se você já tem uma ideia inovadora ou é um pesquisador, tem uma startup ou uma empresa com um produto, processo ou serviço de bioeconomia, essa é a hora de avançar. “Uma startup, nada mais é que disseminação de uma ideia”, observou.